domingo, 14 julho 2024
- Publicidade -
Dengue
17.9 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Pesquisa: 60% dos profissionais não se sentem psicologicamente seguros no trabalho

 

O Infojobs, empresa de soluções tecnológicas para RH, realizou uma pesquisa sobre saúde mental no trabalho e trouxe resultados que levam a uma discussão importante sobre o tema nas empresas. O levantamento aponta que 60% dos colaboradores não se sentem psicologicamente seguros na empresa em que trabalham ou já trabalharam. Nesse cenário, 77% afirmam que não existem ações e suporte voltados ao cuidado com a saúde mental dos funcionários.

Entre os profissionais de RH, 79% entendem que essa responsabilidade cabe ao seu departamento, porém, mais da metade dos profissionais do setor (57%) não acreditam que as empresas onde trabalham estão se preocupando mais com a saúde mental dos colaboradores e a maioria dos participantes da pesquisa (91%) acredita que as empresas, de forma geral, não estão preparadas para lidar com a saúde mental dos colaboradores.

Mais da metade (76%) dos entrevistados já precisaram ou conhecem alguém que precisou se afastar das atividades de trabalho por questões relacionadas à saúde mental. Entre esses profissionais, 82% afirmam que a empresa não estava pronta para lidar com essa situação específica. Questionados sobre o pós pandemia, 69% dos entrevistados relatam que sentem exaustão física e/ou mental relacionada ao trabalho.

A pesquisa também apresenta os aspectos mais prejudiciais à saúde mental dos funcionários. Ambiente ou liderança tóxica e abusiva aparece em destaque, com quase metade das respostas (43%), seguido por cobranças excessivas de resultados (17%) e ausência de flexibilidade e reconhecimento (13%).

“A pandemia, o isolamento social e o medo que a covid-19 causou aceleraram a discussão sobre saúde mental nas empresas, entretanto, apesar de esse ser um tema que ganhou destaque, podemos perceber que ainda há um caminho longo a se percorrer para que os colaboradores se sintam acolhidos em momentos de vulnerabilidade” pontua Ana Paula Prado, CEO do Infojobs.

Qual é a percepção dos profissionais de RH?

Em contrapartida, 99% dos profissionais de RH acreditam que a saúde mental dos colaboradores deve sim ser uma preocupação das empresas. Quando o enfoque está nos processos seletivos, 93% dos profissionais da área de RH que responderam a pesquisa acreditam que o recrutamento humanizado é uma prática voltada para o cuidado com a saúde mental.

A assistência especializada aparece em destaque entre as práticas voltadas para tornar as empresas mais acolhedoras, onde o suporte com psicólogos aparece em 33% das respostas, em seguida o destaque fica para o direcionamento de lideranças empáticas (21%) e o olhar atento aos sinais dos colaboradores (20%).

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Jogos hoje (14/07/24) ao vivo de futebol: onde assistir e horário

Confira onde assistir ao vivo aos jogos de futebol...

Sonha em abrir o próprio negócio? Circuito abre 620 vagas para empreendedores de MT

Nove municípios de Mato Grosso abriram vagas extras para...

Golpe do Pix errado: saiba como se proteger e não ser enganado

O Pix já movimentou em um único dia, mais...

AG Ceres: Mercado do boi gordo com cenário otimista, mas produtor deve pensar em 2025

Preços firmes, estabilidade com projeção de alta no mercado...
Feito com muito 💜 por go7.com.br