terça-feira, 23 julho 2024
- Publicidade -
Dengue
32.3 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Bolsa Família: veja quando terá início o pagamento do acréscimo de R$150

Uma das promessas feitas durante a campanha do atual presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi a de ajudar os beneficiários do Bolsa Família (antigo Auxílio Brasil). Assim, os cadastrados no programa querem saber se o novo governo já tem previsão para o pagamento do acréscimo nas parcelas.

O valor adicional de R$ 150 para cada criança de 0 a 6 anos pertencente às famílias cadastradas no benefício tem a finalidade de ajudar no desenvolvimento delas. Já o pagamento inicial do programa no valor de R$ 600 por mês será mantido.
Além dessa, o novo governo vai realizar outras mudanças. Atualmente, 21 milhões de famílias são beneficiadas pelo programa, mas segundo a atual gestão, uma nova análise dos critérios para a inscrição será realizada, bem como o recebimento das parcelas mensais.

O pagamento extra de R$150 deve demorar cerca de 60 dias para ser implementado, tendo em vista que o mesmo depende desse pente-fino, a fim de incluir famílias que tem direito aos pagamentos, mas não estão inscritas no programa. Também é necessária a liberação de uma possível Medida Provisória (MP), que ainda será planejada pelo Ministério do Desenvolvimento Social, para reestruturar o programa.

A finalidade é dar prioridade para as mães solteiras com filhos de até 6 anos de idade. Um novo calendário de pagamentos para 2023 já foi disponibilizado pelo Ministério da Cidadania.

Um dos objetivos da nova reformulação do Ministério é criar um grupo em parceria com o Ministério da Saúde, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Ministério da Educação para analisar os novos passos do programa.

Desta forma, quanto à Saúde, serão analisadas as cobranças necessárias sobre o cuidado com a saúde das crianças, como a caderneta de vacinação atualizada, por exemplo. Já em relação à Educação, serão cobradas as matrículas e a frequência das crianças nas escolas.

A medida foi anunciada após a equipe de transição verificar irregularidades no cadastro de alguns beneficiários, baseado nas falhas na concessão do benefício. 

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Cresce procura por crédito para energia solar no Estado

A crescente preocupação com os impactos negativos ao meio...

Corinthians manifestou interesse pelo atacante Isidro Pitta, do Cuiabá

O atacante Ángel Romero revelou, nesta semana, que o Corinthians perguntou a...
Feito com muito 💜 por go7.com.br