terça-feira, 23 abril 2024
- Publicidade -
Dengue
29.1 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Crime cruel desmascarado! Polícia de Juína prende acusado de ocultar cadáveres

Na tarde desta última sexta-feira (12), a Delegacia de Juína efetuou a prisão em flagrante de J.C.L.F., um homem de 29 anos, pela ocultação dos corpos de Rian Lucas Rodrigues dos Santos, 22 anos, e Jocinei Balicki Gonçalves, 23 anos, desaparecidos desde a madrugada do dia 16 de dezembro.

A captura ocorreu durante diligências no Distrito de Terra Roxa, após a equipe policial receber informações sobre o possível paradeiro do suspeito. Após monitoramento, J.C.L.F. foi surpreendido pelos policiais civis quando chegava em sua residência. Um mandado de prisão já havia sido expedido pela Justiça relacionado a outro crime ocorrido em Juína.

Segundo informações fornecidas pelo investigado, os corpos das vítimas foram enterrados cerca de um mês antes, após serem executados por membros de uma facção criminosa em uma chácara no distrito de Terra Roxa.

Após a prisão, J.C.L.F. conduziu os policiais aos locais exatos onde os corpos estavam ocultos. Rian Lucas Rodrigues dos Santos foi enterrado próximo a um córrego no distrito de Terra Roxa, em uma cova com pouco mais de um metro de profundidade. Jocinei Balicki Gonçalves, por sua vez, foi enterrado às margens da rodovia que liga a cidade à Vilhena, aproximadamente 70 quilômetros de Juína.

Diante da grave acusação de ocultação de cadáver, J.C.L.F. foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Juína para a formalização do mandado de prisão e dos procedimentos flagranciais. Posteriormente, o suspeito foi transferido para o Centro de Detenção de Juína.

O desaparecimento de Rian Lucas e Jocinei Balicki mobilizou familiares e a comunidade local desde a sua notificação. Os dois jovens foram vistos pela última vez após saírem de casa para um bar em Juína, sem retornar desde então.

As investigações prosseguem para esclarecer todos os detalhes do caso e identificar eventuais cúmplices ou responsáveis pela execução dos jovens. A polícia busca também compreender as motivações por trás do crime, investigando possíveis conexões com o mundo criminoso na região. A comunidade local permanece em choque diante da trágica descoberta, enquanto a justiça se empenha em garantir a responsabilização dos envolvidos.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

MT entrega 30 mil uniformes escolares confeccionados por reeducandos

 O Governo de Mato Grosso vai entregar, nesta quarta-feira...

Decreto de Lula é visto como ameaça real e acirra ânimos entre governo e o Agro

O decreto 11.995/2024, que institui o Programa Terra da Gente...
Feito com muito 💜 por go7.com.br