quarta-feira, 22 maio 2024
- Publicidade -
32.8 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Exagerou na ceia&#63 Veja como compensar a comilança nas festas de fim de ano

 

Exagerar no consumo de bebida e comida é comum durante as festas de fim de ano. Para compensar o aumento da ingestão de calorias motivado pelos momentos de confraternização, nutricionistas recomendam a manutenção de hábitos saudáveis.

De acordo com a nutricionista Angéli Golfetto, o maior consumo de álcool, sódio e açúcar durante as festividades pode resultar não só no acúmulo de gordura, mas também na maior retenção de líquido no corpo.

“As mulheres, por exemplo, costumam consumir entre 1.800 e 2.200 calorias por dia. Numa ceia de Natal, facilmente consumimos de 4 a 6 mil calorias rapidinho, porque há muitos embutidos”, afirma Golfetto.

Alguns dos alimentos ingeridos também provocam uma ação inflamatória no corpo, o que resulta na maior retenção de líquido. Um exemplo são os salames, ricos em sódio.

“A cada 100 gr de alimento, temos uma ingestão de sódio que gira em torno de 400 mg. Em apenas 100 gr de salamito, há mais de 1.400 mg de sódio. É uma diferença muito grande”, diz a nutricionista.

Segundo Golfetto, alguns dos sintomas de que houve excesso na alimentação são os pés inchados e a barriga saliente. Quem já exagerou na ceia de Natal e quer amenizar o problema pode, afirma ela, apostar na adoção de pequenos hábitos saudáveis para ajudar a desinflamar o sistema metabólico.

Algumas dicas de bons hábitos são caminhar e fazer drenagem linfática. A especialista também recomenda a ingestão de cálcio, encontrado em derivados do leite, de potássio, abundante na banana, e de magnésio, disponível em vegetais como o espinafre e em oleaginosas, como nozes e amêndoas.

“A gente também pode fazer um suchá, que é colocar frutas com chá, bater tudo junto e tomar com as fibras, sem coar, para aproveitar seus benefícios no intestino”, diz Golfetto.

A nutricionista Camilla Baffa, pós-graduada em nutrição em doenças crônicas pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, reforça que quem exagerou nas festas de fim de ano precisa buscar na alimentação saudável o caminho para contrabalançar os exageros.

Baffa não recomenda a adoção de dietas milagrosas no dia seguinte às festas, como ficar à base de suco ou água. Segundo ela, o corpo já tem recursos suficientes para promover a desintoxicação e a desinflamação.

“A minha sugestão é voltar à rotina de alimentação saudável, hidratação, sono e atividade física regular, porque essas são a chave da saúde e do bem-estar. Voltar a se alimentar com frutas, legumes, verduras e manter a hidratação adequada é fundamental”, afirma a profissional.

Para saber quanto de água tomar, a nutricionista recomenda uma conta simples: basta multiplicar seu peso por 35. O resultado será a quantidade de água, em mililitros, a ser ingerida por dia.

Aqueles que exageraram no Natal, mas querem aproveitar o cardápio da festa de virada de ano, Baffa aconselha intercalar as refeições mais pesadas com outras mais leves. Como o dia 31 é marcado por fartura no jantar, a nutricionista recomenda que se priorizem refeições mais leves durante o dia.

“No dia primeiro, em que comemos o almoço em clima de confraternização, recomendo fazer o contrário e se alimentar com comidas mais leves nas outras refeições, ingerindo frutas, legumes e verduras”, afirma.

Quanto ao consumo de álcool, a dica é intercalar um copo de água a cada drinque para se manter hidratado e evitar o consumo exagerado.

A nutricionista Golfetto complementa as dicas sugerindo a ingestão de bons carboidratos durante a ceia, como arroz integral, batata e mandioca, para diminuir a ressaca no dia seguinte.

“A gente provoca os processos inflamatórios, mas a gente também tem um poder incrível de gerar o anti-inflamatório. Isso pode acontecer ao mesmo tempo, de forma concomitante: estou me inflamando, mas também estou pensando em como fazer para me desinflamar”, afirma a nutricionista.

HÁBITOS SAUDÁVEIS PARA CONTRABALANÇAR OS EXCESSOS DA CEIA
Tentar acordar no mesmo horário, sem grandes mudanças na rotina

Manter-se hidratado, principalmente nas primeiras horas do dia

Investir em alimentos ricos em cálcio, potássio e magnésio

Fazer atividades físicas simples, como caminhar e levantar os pés

Massagear o corpo

Intercalar as doses de álcool com copos de água

Comer bons carboidratos, como arroz integral, batata e mandioca

Optar por alimentos mais leves em outras refeições;

Dormir bem

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Suspeito de furtar lanchonete nesta madrugada é preso em Tangará

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de...

Entenda qual a diferença entre body splash e colônia e saiba como escolher

Estar sempre exalando um aroma agradável é um desejo muito comum!...
Feito com muito 💜 por go7.com.br