quarta-feira, 17 abril 2024
- Publicidade -
23.2 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Queimadas no Pantanal superam as registradas em 2020

As queimadas de 2023 bateram recorde das registradas em 2020 em relação a hectares destruídos pelo fogo no Pantanal mato-grossense. Este ano, foram quase dois meses de incêndio sem cessar no Parque Estadual Encontro das Águas, local considerado refúgio de onças-pintadas. As labaredas de fogo começaram em 4 de outubro e só foram extintas no final de novembro, destruindo cerca de 1 milhão de hectares no bioma.

A destruição causou danos a fauna e flora nas imediações da Transpantaneira. Imagens de Organizações Não Governamentais (Ongs), que aturam na linha de frente de combate ao fogo, mostram os animais em meio a vegetação destruída. Alguns deles foram socorridos pelo Grupo de Resgate de Animais em Desastres (Grad Brasil) e, após cuidados, soltos na natureza novamente.

Porém, muitos não conseguiram se livrar do fogo e morreram queimados, intoxicados ou de fome. Sob as pontes da Transpantaneira, que deveriam estar cheia de águia nessa época do ano, foram encontradas inúmeras carcaças de jacarés e outros bichos ilhados na lama, lutando para sobreviver.

O fogo deu trégua de 7 dias, em novembro, mas voltou a queimar a vegetação e matar os animais logo em seguida. Na época, o Corpo de Bombeiros informava que a situação estava sob controle, mas fotos e vídeos de animais mortos mostravam a real situação da região, preocupante para instituições ambientais e até mesmo donos de pousadas.

As pousadas Jaguar Camp e Panthera, que estão em Porto Jofre e trabalham com observação de animais na região, foram ameaçadas pelo incêndio.

A queimada só foi controlado definitivamente quando passou a chover na região, na segunda quinzena de novembro

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

O Impacto da Patrulha Maria da Penha na Segurança das Mulheres em Nova Olímpia

Na tarde da última terça-feira dia (16), a secretária...

Quase 4 bilhões de pessoas correm risco de infecção pelo Aedes

Quase quatro bilhões de pessoas em todo o mundo...

MT reduz em 49% desmatamento de floresta nativa em 2023 em relação a 2022

Mato Grosso reduziu em 49% o desmatamento de floresta...
Feito com muito 💜 por go7.com.br