quinta-feira, 18 abril 2024
- Publicidade -
22.8 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

NOVA ONDA DA COVID – Barra do Bugres e outras seis cidades de Mato Grosso voltam a exigir uso de máscaras

 

Diante do aumento dos casos de covid-19 e suas novas variantes,  Barra do Bugres e Cáceres  retomaram o uso obrigatório de máscaras de proteção facial como medida de biossegurança para conter o avanço da infecção. Além disso, as cidades de Nossa Senhora do Livramento, São José dos Quatro Marcos, Araputanga, Nova Xavantina e Barra do Garças já publicaram um novo decreto alterando a medida.

Conforme nota da Prefeitura, em virtude do aumento no número de casos de covid-19 na cidade, decidiu determinar o uso obrigatório de máscaras faciais como medida de biossegurança em casos específicos e facultativos. Também informou que a ação visa combater a contaminação da covid-19, a preservação da saúde e o bem-estar de toda população cacerense.

Em Cáceres, o uso da máscara passa a ser obrigatório em estabelecimentos e serviços de saúde, para idosos acima de 70 anos, imunossuprimidos, pessoas não imunizadas contra covid-19 e pessoas com sintomas gripais ou aquelas que tiveram contato recente com pacientes acometidos pela doença.

Já o uso facultativo de máscaras ficou definido no atendimento ao público em geral, eventos, igrejas, templos e congêneres, estádios e ginásios esportivos, supermercados e demais estabelecimentos comerciais, nas unidades de ensino de educação infantil e instituições de ensino fundamental, em sala de aula.

Em Barra do Bugres, já vigora a obrigatoriedade de todas as pessoas utilizarem máscara facial em todas as unidades de saúde pública ou privada, para idosos acima de 70 anos, imunossuprimidos, pessoas não imunizadas contra covid-19 e pessoas com sintomas gripais ou aquelas que tiveram contato recente com pacientes acometidos pela doença.

O decreto ainda determina que todo o estabelecimento comercial mantenha, na entrada e em local de fácil acesso, álcool em gel a 70% e tapete de higienização para funcionários e clientes.

Nas cidades de Nossa Senhora do Livramento, São José dos Quatro Marcos, Araputanga, Nova Xavantina e Barra do Garças, as medidas também se aplicam nas unidades de saúde, públicas e privadas, além de ambientes abertos e fechados de uso coletivo.

Além disso, os decretos ainda reforçam a importância de que todos os adultos com mais de 18 anos completem o esquema vacinal proposto pelo Ministério da Saúde.

Na terça-feira (13), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) emitiu alerta sobre uma nova onda de covid-19 no Estado. Somente nos 12 primeiros dias de dezembro, Mato Grosso registrou 3.869 casos da doença. No comparativo com o mesmo período do mês passado, o número representa crescimento de quase 1.000%.

No alerta sobre a nova onda de covid-19, a SES cobrou dos municípios medidas de contenção à transmissão do vírus, além de medidas para ampliar a cobertura vacinal de grupos como os bebês e crianças de seis meses a cinco anos

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

O Impacto da Patrulha Maria da Penha na Segurança das Mulheres em Nova Olímpia

Na tarde da última terça-feira dia (16), a secretária...

Quase 4 bilhões de pessoas correm risco de infecção pelo Aedes

Quase quatro bilhões de pessoas em todo o mundo...

MT reduz em 49% desmatamento de floresta nativa em 2023 em relação a 2022

Mato Grosso reduziu em 49% o desmatamento de floresta...
Feito com muito 💜 por go7.com.br