terça-feira, 16 abril 2024
- Publicidade -
27.5 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Indea-MT autoriza plantio de soja até janeiro

Prorrogação segue parecer do Ministério da Agricultura e atende a um pedido do setor produtivo de soja de Mato Grosso

O prazo para o plantio de soja em Mato Grosso foi prorrogado para até 13 de janeiro de 2024 pelo Instituto de Defesa Agropecuária do estado (Indea-MT). A medida segue o parecer do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), após pedido do setor produtivo em decorrência as condições climáticas nesta safra 2023/24.

A semeadura da oleaginosa no estado encerraria no próximo dia 24 de dezembro.

Levantamento realizado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), divulgado na semana passada, aponta para a safra 2023/24 de soja no estado uma área de 12,131 milhões de hectares. A extensão é inferior às 12,222 milhões previstas em novembro para a temporada, contudo levemente acima ainda dos 12,122 milhões de hectares da safra 2022/23.

O recuo na área na variação mensal, explica o Imea, é “pautado pelo alto percentual de replantio apontado pelo levantamento com os agentes de mercado, estimado em 5,04% em relação à área total prevista para o estado”.

Conforme o instituto, diante dos últimos meses o clima estar mais quente, chegando a registrar mais de 60 graus no solo, e os longos períodos sem chuvas em vários municípios de Mato Grosso, em decorrência ao El Niño, o desenvolvimento das lavouras tem sido impactado e, em alguns talhões, já é observado o encurtamento do ciclo da soja. Fator este que pode prejudicar o potencial produtivo da planta.

O Indea destaca que, após receber diversas demandas do setor produtivo, por meio dos sindicatos rurais e associações, elaborou manifestação técnica levando em consideração dados das condições climáticas ocasionadas pelo fenômeno “super El Nino” e os impactos ocasionados à produção da leguminosa nesta safra.

De acordo com a manifestação técnica do Indea, entre os meses de agosto e outubro “choveu bem menos do que nos anos anteriores, registramos uma estiagem prolongada, altas temperaturas, ondas de calor e umidade relativa do ar. Todos esses fatores do clima atrapalharam significativamente o plantio, obrigando algumas propriedades a atrasarem o plantio e outras a replantarem e, por esse motivo, manifestamos junto ao Mapa a necessidade de se prolongar o período de semeadura”.

Autorização do Ministério da Agricultura

No dia 12 de dezembro o Ministério da Agricultura publicou no Diário Oficial da União, mediante a portaria nº 968, de 8 de dezembro de 2023, da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA), o prolongamento do calendário de semeadura da soja 2023/24 em Mato Grosso até 13 de janeiro de 2024.

“Após a publicação da Portaria nº 958 do Mapa, Mato Grosso alterou o calendário de plantio da soja para que o mesmo esteja em conformidade com a normativa federal, através da publicação da Instrução Normativa Conjunta SEDEC/INDEA-MT nº 003/2023”.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br