segunda-feira, 20 maio 2024
- Publicidade -
Dengue
17.3 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

História Hoje: há 65 anos, Sputnik 1 retornava à Terra

 

Lua artificial. Assim ficou conhecida a cápsula Sputnik 1, da União Soviética. O artefato entrou para a história como o primeiro satélite artificial da Terra. Depois de três meses no espaço, a Sputnik 1 foi pulverizada no momento em que voltou à atmosfera terrestre em 4 de janeiro de 1958.

A Sputnik 1 foi enviada para orbitar a Terra em outubro de 1957. O lançamento ocorreu a partir do Cosmódromo de Baikonur, na então República Socialista Soviética do Cazaquistão.

A renovação tecnológica da União Soviética surpreendeu os Estados Unidos e deu início à corrida espacial no auge da Guerra Fria. O evento fez parte da celebração do Ano Internacional da Geofísica, da Organização das Nações Unidas.

Aquele período tinha sido considerado como ideal para estudar a Terra e o Sistema Solar. A Sputnik 1 girava em torno da Terra a uma altura estimada de até 900 quilômetros e dava a volta ao mundo a cada 95 minutos.

A estrutura esférica, com pouco mais de 83 quilos, não levava instrumentos científicos modernos, nem de captação de imagens. Mesmo com tecnologia limitada, os pesquisadores realizaram estudos com dados de sinais de rádio e de temperatura e pressão. Os transmissores de satélite operaram por três semanas.

A missão do primeiro objeto feito pelo homem enviado à órbita da Terra chegou ao fim em 92 dias após o lançamento. A Sputnik completou cerca de 1.400 órbitas da Terra, percorrendo um total de 70 milhões de quilômetros.

História Hoje

Redação: Beatriz Evaristo

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br