sábado, 24 fevereiro 2024
- Publicidade -
Banner Topo
24.4 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Guedes afirma que o desemprego no Brasil cairá para 8% antes do fim deste ano

 

Atualmente em 9,3%, a taxa de desemprego no Brasil pode cair para 8% antes do fim deste ano, com a recuperação econômica, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes. Ele participou, na noite de terça-feira (09), da abertura do congresso da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), em Brasília.

“Antes de o ano acabar, nós estamos descendo [a taxa de desemprego] para 8%. Vamos terminar o ano com o menor desemprego que já vimos nesses últimos dez, 15 anos”, declarou o ministro.

Na avaliação de Guedes, o Brasil está entrando em um longo ciclo de crescimento. Segundo ele, a economia nacional encontra-se em situação melhor do que a de países desenvolvidos, que estão entrando em recessão, e do que a de outros países latino-americanos, que estão “desmanchando”, nas palavras do ministro.

Guedes atribuiu parte da recuperação do mercado de trabalho à melhora do ambiente de negócios, com a redução da burocracia. “O Brasil está em um longo ciclo de crescimento. Criamos um ambiente de negócios que já tem contratos de R$ 890 bilhões”, ressaltou.

Renegociação de dívidas

Sem dar detalhes, Guedes disse que a equipe econômica pretende ampliar os programas de renegociação de dívidas com o governo. Segundo ele, o comércio, os serviços e o setor de eventos devem ter as mesmas possibilidades para regularizar os débitos do que outros segmentos afetados pela pandemia de coronavírus tiveram nos últimos anos. Guedes afirmou que o modelo de transação tributária já foi desenhado pelo Ministério da Economia.

O ministro repetiu declarações recentes de que, diferentemente de outros países, o Brasil atravessou a pandemia sem que a dívida pública explodisse. “O Brasil está de pé. Atravessou duas grandes guerras”, declarou.

Empresas europeias

Destacando que o Brasil está com o plano de adesão à OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) aprovado, Guedes afirmou que empresas europeias passaram a manifestar interesse em investir no País após o início da guerra entre Rússia e Ucrânia. “Hoje, existe essa percepção e, com a guerra da Ucrânia, a ficha caiu para eles”, comentou.

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Última rodada da 1ª fase do Mato-grossense acontece neste sábado

Cinco jogos serão disputados  na tarde deste sábado (24),...

PREFEITURA DE NOVA OLÍMPIA – COMUNICADO IMPORTANTE

A Prefeitura de Nova Olímpia-MT está oferecendo uma grande...

Deficiência logística e distância dos portos faz economia de MT perder R$ 16 bi apenas com milho

Conteúdo/ODOC – A distância dos portos para exportação da produção...

Mulheres ganham 20,8% menos que homens na mesma função, apesar de mais formação

Mulheres continuam ganhando 20,8% menos que os homens, confirma...
Feito com muito 💜 por go7.com.br