terça-feira, 27 fevereiro 2024
- Publicidade -
Banner Topo
22.1 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Arrecadação de impostos alcança R$ 1,1 trilhão no 1º semestre, melhor resultado desde 1995

 

 

A arrecadação de impostos e contribuições federais no Brasil somou R$ 181 bilhões em junho, de acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira (21) pela Receita Federal. O resultado é o melhor para o mês desde 1995, ano que marca o início da série histórica.

Com a atualização, o volume recebido com impostos e contribuições alcançou R$ 1,114 trilhão nos primeiros seis meses de 2022, também o melhor resultado para o período dos últimos 27 anos.

Conforme os dados, o valor arrecadado em junho representa uma alta real (acima da inflação) de 17,12%, enquanto no período acumulado de janeiro a junho de 2022 o volume saltou 11% acima do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

De acordo com o Fisco, o acréscimo observado no período pode ser explicado, principalmente, pelo crescimento dos recolhimentos de IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica) e da CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido), considerando fatores não recorrentes como o decorrente de receitas extraordinárias e de desonerações tributárias de natureza temporária.

“Sem considerar os fatores não recorrentes, haveria um crescimento real de 9,36% na arrecadação do período acumulado e de 18,70% no mês de junho de 2022”, afirma o comunicado enviado pela Receita Federal.

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Jesus denuncia a hipocrisia dos fariseus. «Eles falam e não praticam»

Terça-feira da 2ª semana da Quaresma Evangelho Mt 23,1-12 Depois, Jesus falou às...

Tangará – Casais são conduzidos ao Cisc após desentendimento trabalhista

A ocorrência aconteceu na manhã de sábado, dia 24,...
Feito com muito 💜 por go7.com.br