sexta-feira, 14 junho 2024
- Publicidade -
35.3 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Escola é investigada por distribuição irregular de uniformes aos alunos

Estudantes da unidade foram flagrados jogando no lixo itens do kit escolar

O secretário de Estado de Educação (Seduc), Alan Porto, disse em entrevista coletiva, na manhã desta quinta-feira (29), que a pasta está investigando a entrega irregular de uniformes aos estudantes da Escola Estadual Eliane Didigov Santana, em Cuiabá. Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que os alunos da unidade pública de ensino pegam diversos itens do kit escolar “sem controle”. Os próprios estudantes da escola também foram vistos jogando no lixo os uniformes.

“O que aconteceu na escola Eliane Didigov foi um caso pontual. Pedimos para encaminhar [as imagens]. Foi nossa equipe da Secretaria de Gestão Regional juntamente com a Diretoria Regional de Educação (DRE) até a unidade escolar verificar o que estava acontecendo. Foi feito um relatório circunstânciado que motivou a abertura da investigação preliminar”, disse Alan Porto.

As imagens mostram os estudantes pegando diveros itens do kit uniforme mais que o permitido para cada aluno. O kit é composto por uma mochila, duas camisas, bermuda, tênis com meias e casaco. É possível ver que os itens estavam disponíveis em superficíes para serem pegos sem quantidade permitida. Alan Porto afirmou que “é cedo para falar o que aconteceu”, mas declarou que a maneira como a escola distribuiu os uniformes para os estudantes está errada (veja o vídeo no fim da matéria).

“Vamos investigar, ver o que aconteceu, ouvir professor, diretor, coordenador, secretário, estudante, pai (responsável de maneira geral), DRE, a Seduc que faz o acompanhamento e monitoramento para gente verificar onde que errou e corrigir as rotas para que não ocorra novamente. A diretora tem que informar. Chegam várias informações, mas não dá para carimbar o que aconteceu”, explicou Alan Porto.

Segundo o secretário, no relatório circunstânciado que foi elaborado na unidade foram identificadas “fragilidades no armazenamento dos uniformes” e na própria distribuição.

“Por isso temos esse instrumento, que é uma investigação preliminar para gente verificar [e] vai gerar um relatório”, disse. Ao final, o documento será disponibilizado para imprensa, segundo afirmou Alan Porto.

Mato Grosso conta com 647 escolas públicas estaduais com um total de 337 mil estudantes matriculados.

VEJA VÍDEO

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Veja os benefícios garantidos para quem é doador de sangue em MT

Além de salvar vidas, a doação de sangue garante...

Com altas temperaturas, Inmet alerta para baixa umidade em MT

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alertou para a baixa...
Feito com muito 💜 por go7.com.br