quinta-feira, 30 maio 2024
- Publicidade -
13.2 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Quanto tempo vive um urubu e outras curiosidades

 
 
 
 
 

Por estarem associadas a tabu de algum modo, algumas espécies despertam tanto receio quanto curiosidade, como o urubu. Devido ao hábito alimentar, ele é muito relacionado à morte. Porém, você quer saber quanto tempo vive um urubu?

Urubu voando.

Frequentemente representada como vilã em desenhos animados, essa ave exerce um papel sanitário fundamental para o equilíbrio dos ecossistemas. A seguir, descubra quanto tempo vive um urubu, como ele se alimenta e outras curiosidades a respeito da espécie.

Quantas espécies de urubu existem no mundo?

Ao contrário do que muitos pensam, o termo “urubu” não se refere a uma única espécie, mas a um conjunto delas. Ele representa 23 aves predatórias de grande porte que comem carcaças, inseridas na família Cathartidae, do grupo dos Cathartiformes.

Entre as espécies, estão os condores e os urubus-reis da América Central e da América do Sul. Frequentemente relacionado a eles, o abutre pertence a outra família: Accipitridae. Os urubus são aves de grande porte encontradas apenas no nosso continente. Curiosamente, não há ocorrência deles na Austrália. 

Das sete espécies existentes nas Américas, cinco podem ser avistadas no Brasil: o urubu-rei (Sarcoramphus papa), o urubu-de-cabeça-amarela (Cathartes burrovianus), o urubu-de-cabeça-vermelha (Cathartes aura), o urubu-da-mata (Cathartes melambrotus) e o urubu-de-cabeça-preta (Coragyps atratus).

Como o urubu consegue comer carne em decomposição?

Muitas pessoas querem saber o que urubu come. A ave pode se alimentar não apenas de carne, mas também de outros alimentos em decomposição, como frutos podres. 

Isso é possível graças a um organismo adaptado que, entre outras características, pode incluir a ausência de plumagem na região da cabeça. Isso evita que ela se misture ao sangue enquanto as aves destroçam as carcaças. 

Segundo os cientistas, uma característica ainda mais importante para o hábito alimentar dos urubus e a digestão de alimentos putrefatos é a liberação de um suco gástrico no estômago que neutraliza bactérias e toxinas. 

O famoso urubu-de-cabeça-vermelha mostrou-se altamente resistente à bactéria que provoca o botulismo. O organismo dele pode suportar uma quantidade de microrganismo suficiente para levar a óbito mais de 300 roedores de pequeno porte. Estudos mostram que eles também são resistentes à cólera, à lepra e até ao antraz. 

Vale destacar que os urubus conseguem dar conta de uma carcaça muito rápido. A depender do tamanho da presa, em menos de meia hora eles removem toda a carne. Algumas espécies conseguem comer até os ossos. 

Urubus perto de comida no meio da grama.

Por que os urubus rodeiam as carcaças?

Embora consigam passar dias sem comer, essas aves ainda precisam se alimentar com certa frequência. Essa é uma variável fundamental para definir quanto tempo, em média, vive um urubu.

Ao contrário do que acontece com outras aves predadoras, como a águia-careca, as garras dos urubus não são adaptadas para a captura de presas. Por isso, eles dependem da sorte para encontrar carcaças por aí, e são muito bons nisso!

Donos de uma visão apurada, eles conseguem avistar alimentos a mais de 1 km de distância. A espécie se aproveita de correntes de vento para planar enquanto “vasculha” o terreno, poupando energia com o voo. 

Assim, não é verdade que os urubus rodeiam a carcaça, muito menos animais moribundos. Ao contrário, ao avistarem um cadáver, eles se direcionam imediatamente a ele para chegar antes de outros predadores. Quando essas aves circulam algum local, isso indica que elas ainda não encontraram uma fonte de alimento. 

Os urubus são perigosos?

Conforme mencionamos, os urubus quase não caçam presas, utilizando carcaças encontradas no ambiente para se alimentarem. Além disso, eles não são sujos como muitos imaginam ou como o hábito alimentar pode sugerir.

Assim, essas aves não são grandes transmissoras de doenças. Pelo contrário! Elas exercem um papel sanitário fundamental, ajudando a retirar e a neutralizar bactérias nocivas do ambiente. 

Porém, elas podem ser bastante incômodas, pois vivem em bandos e sabem fazer muita algazarra. As fezes altamente ácidas também conseguem corroer uma série de materiais resistentes, como os metais. A seguir, é hora de descobrir quanto tempo vive um urubu.

Quanto tempo vive um urubu?

Finalmente: quanto tempo de vida tem um urubu? Depende da espécie. De maneira geral, ele vive cerca de 20 anos. Porém, algumas espécies maiores podem passar dos 50.

No entanto, há um fato curioso sobre quanto tempo vive um urubu: no Brasil, um dos mais velhos é o urubu-rei de 60 anos que vive no Bioparque da Amazônia, no Amapá. Porém, o caso é relativamente incomum, já que a maior parte dos indivíduos da mesma espécie chegam em média aos 30 anos, no máximo. 

Urubu em uma área florestal.

 

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br