quinta-feira, 13 junho 2024
- Publicidade -
Dengue
19.5 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Os 6 melhores roteiros do século XXI (até o momento)

Duas coisas mexem muito com cinéfilos em qualquer lugar do mundo: premiações do universo cinematográfico e listas. Pois duas associações de roteiristas dos Estados Unidos decidiram se unir para, já que não podem interferir para dar prêmios, montar uma lista com os melhores roteiros escritos no século XXI.

6. Moonlight: Sob a Luz do Luar (2016)

(Fonte: A24/Reprodução)(Fonte: A24/Reprodução)

Muita gente lembra de Moonlight: Sob a Luz do Luar por conta da polêmica leitura do vencedor de melhor filme no Oscar de 2017, quando erroneamente deram a estatueta para La La Land, quando o filme dirigido por Barry Jenkins era o real vencedor.

5. Onde os Fracos Não Têm Vez (2007)

(Fonte: Miramax/Reprodução)(Fonte: Miramax/Reprodução)

Adaptado do romance de Cormac McCarthyOnde os Fracos Não Têm Vez foi adaptado pelos irmãos Joel e Ethan Coen para um filme nauseante, ambientado nas planícies do oeste do Texas. É uma aula sobre criação de diálogos, sobre como incluir reflexões enigmáticas e existenciais em tela, sem soar pedante ou confuso.

4. Parasita (2019)

(Fonte: CJ Entertainment/Reprodução)(Fonte: CJ Entertainment/Reprodução)

Parasita poderia entrar em qualquer lista por muitos motivos: grandes atuações, uma direção fantástica e uma fotografia ímpar. Agora, se estamos falando de roteiro, definitivamente o filme merece estar nos primeiros lugares.

3. A Rede Social (2010)

(Fonte: Columbia Pictures/Reprodução)(Fonte: Columbia Pictures/Reprodução)

Em 2010, o Facebook já era uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, e a história de vida de  Mark Zuckerberg escondia casos que apenas o livro Milionários Acidentais havia se prestado a investigar. Foi a partir dele que Aaron Sorkin adaptou o roteiro de A Rede Social, grande sucesso do cinema.

2. Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças (2004)

(Fonte: Focus Features/Reprodução)(Fonte: Focus Features/Reprodução)

Poucos filmes a partir dos anos 2000 entraram tanto no imaginário coletivo quanto Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças. O roteiro de Charlie Kaufman, a partir de um argumento original dele e de Michel Gondry e Pierre Bismuth, venceu o Oscar de melhor roteiro original em 2005.

1. Corra! (2017)

(Fonte: Universal Pictures/Reprodução)(Fonte: Universal Pictures/Reprodução)

Com Corra!, Jordan Peele trouxe refresco ao cinema de horror, criando um roteiro que nem de perto tangencia o que se espera do gênero cinematográfico. Inclusive, acabou premiado com um Oscar de melhor roteiro original em 2018, tornando-se o primeiro roteirista afro-americano a obter a estatueta.

Sobre seu roteiro, Peele disse em entrevistas ter percebido que estava diante de um material único, por diversos aspectos, mas principalmente por colocar um negro como protagonista em um filme de terror, algo até então impensado.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br