sexta-feira, 17 maio 2024
- Publicidade -
34 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

História do panetone

A história do panetone é tradicionalmente relacionada à Itália da Idade Média, contexto no qual se considera que foi criado

história do panetone é tradicionalmente relacionada à Itália da Idade Média, contexto no qual se considera que foi criado. Alimento que tem seu consumo relacionado com o período natalino, o panetone é caracterizado por ser um pão adocicado com frutas cristalizadas e uvas-passas em sua massa. O Brasil é um dos países no mundo que mais consomem o panetone, inclusive possui a empresa que mais produz esse alimento no planeta.

Os historiadores não sabem exatamente quando o panetone foi criado, mas considera-se que provavelmente aconteceu na Itália, em Milão ou arredores, em algum momento da Idade Média. Popularizou-se a partir do século XX e foi trazido para o Brasil por meio de imigrantes italianos.

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a história do panetone

  • A história do panetone é tradicionalmente relacionada à Itália da Idade Média, contexto no qual se considera que foi criado.
  • É um alimento que tem seu consumo relacionado com o período do Natal.
  • Consiste em um pão adocicado que contém frutas cristalizadas e uvas-passas.
  • Seu consumo foi introduzido no Brasil por imigrantes italianos.
  • Sua invenção, provavelmente, tem relação com o hábito italiano de se produzir pães no Natal.

O que é panetone?

O panetone é um dos alimentos mais tradicionais do período natalino e consiste em um pão adocicado que é recheado com frutas cristalizadas e uvas-passas, possuindo seu topo em forma de abóboda. É um alimento cujo consumo é muito grande na Itália, partes do sul da Europa e na América do Sul. Existem outras variações do panetone, como o chocotone, no qual são usadas gotas de chocolate no lugar das frutas cristalizadas e uvas-passas, e que também são bastante populares no mercado.

As origens do panetone são bastante incertas, pois não existem documentações que as comprovem. Sabemos que o panetone foi criado na Itália e tem uma forte relação com Milão e outras cidades do norte desse país. De resto, existem apenas lendas que procuram explicar como surgiu o prato, embora nenhuma delas tenha sido comprovada por historiadores.

Acredita-se que o panetone teve origem na Idade Média, mas a primeira menção catalogada desse alimento é datada de 1470 (cronologicamente no período da Idade Moderna). Essa menção consta em um manuscrito encontrado na Biblioteca Ambrosiana de Milão e que menciona o consumo de pães açucarados.

Alguns historiadores apontam também para uma possível origem no período romano, uma vez que os romanos faziam o uso de um pão adocicado com mel. De resto, o que existem são lendas que falam do surgimento do panetone, mas nenhuma delas tem sua veracidade atestada pelos historiadores.

→ Lenda sobre a origem do panetone

Uma das lendas mais conhecidas sobre a sua origem fala que o panetone foi criado em 1495, na corte do duque de Milão, Ludovico Sforza. Essa lenda fala que, durante a celebração do Natal, a corte de Ludovico Sforza estava participando de um banquete que seria encerrado com biscoitos de sobremesa. Acontece que os biscoitos se queimaram enquanto eram assados.

Isso motivou um ajudante de cozinha, cujo nome seria Toni, a preparar, na hora, uma massa que continha os ingredientes do panetone, produzindo uma massa fermentada que foi assada e apresentada aos participantes do banquete. O alimento foi distribuído, causando boa impressão, principalmente em Ludovico Sforza, que decidiu chamar o alimento de “pão de Toni”.

Apesar de ser uma lenda, essa história reforça um dado: o costume italiano de produzir pães para servir durante a celebração do Natal.

Significado do panetone

Os pesquisadores não sabem exatamente a origem do termo panetone, mas uma das teorias aponta que a palavra se origina da junção de dois termos no italiano: panetto, que pode ser traduzido como um “pão pequeno”, e panone, que pode ser traduzido como “pão grande”.

A respeito de um sentido para o consumo de panetone no Natal, os pesquisadores apontam apenas que o hábito é uma herança da prática italiana de se produzir e consumir pão nas festas natalinas.

Receita de panetone

→ Ingredientes

A produção de panetone requer a utilização dos seguintes itens:

  • 1 kg de farinha de trigo;
  • 50 g de fermento biológico seco;
  • 200 ml de água;
  • 20 ml de essência de panetone;
  • sal;
  • 300 g de frutas cristalizadas;
  • 250 g de uva-passa;
  • 4 ovos;
  • 250 ml de leite;
  • açúcar;
  • 2 colheres de manteiga.

→ Modo de preparo

  1. Bater os ovos, manteiga, fermento, essência, leite e açúcar no liquidificador.
  2. Misturar os itens batidos com farinha de trigo e amassar até a massa não grudar nas mãos.
  3. Adicionar frutas cristalizadas e uvas-passas à massa.
  4. Unte uma forma e coloque a massa nela.
  5. Assar até a massa dobrar de volume.

Curiosidades sobre o panetone

  • O consumo do panetone foi popularizado a partir do século XX, espalhando-se por todo o continente europeu.
  • No Brasil, acredita-se que o consumo do panetone está relacionado com a imigração italiana.
  • Em 1919, a receita do panetone passou a contar com levedura, um acréscimo realizado por Angelo Motta, padeiro milanês.
  • A maior produtora de panetones do mundo é uma empresa brasileira: a Bauducco.

Fontes

BBC BRASIL. Qual é a origem do panetone e como ele se tornou a iguaria de Natal mais consumida no Brasil. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-50913022

GISSLEN, Wayne. Panificação e confeitaria profissionais. Barueri, SP: Manole, 2011.

GONÇALVES, Roberta. Origem do panetone é recheada de histórias inusitadas. Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/produtos-ingredientes/qual-e-a-origem-do-panetone/.

RECEITAS. Panetone. Disponível em: https://receitas.globo.com/datas-comemorativas/natal/receita-de-panetone-5058ffe64d09383716000042.ghtml.

TUDO CASEIRO. Panetone caseiro. Disponível em: https://www.tudogostoso.com.br/receita/81011-panetone-caseiro.html.

Escritor do artigo

Escrito por : Daniel Neves SilvaFormado em História pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e especialista em História e Narrativas Audiovisuais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atua como professor de História desde 2010.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. “História do panetone”; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/natal/panetone-1.htm. Acesso em 13 de dezembro de 2023.

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Analfabetismo no Brasil é maior em cidades pequenas, aponta Censo

As informações coletadas pelo Censo 2022, e divulgadas nesta sexta-feira, 17,...

Desembargadora cai em golpe no Whatsapp e perde R$ 45 mil

A desembargadora Maria Helena Póvoas, do Tribunal de Justiça...

CNM diz que agronegócio já perdeu mais de R$ 2 bi com as cheias do RS

As fortes chuvas e inundações que atingiram o Rio...
Feito com muito 💜 por go7.com.br