segunda-feira, 20 maio 2024
- Publicidade -
Dengue
17.3 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

7 sinais que podem indicar psoríase

psoríase é uma doença autoimune e não contagiosa, que se caracteriza por algumas “lesões” na pele, em forma de placas espessas e escamosas. A condição é resultado da proliferação excessiva da epiderme (camada superior da pele) e tende a ser um fator genético — o que não significa que todos da família a desenvolverão. Além disso, estudos indicam que possa ter relação com estresse, infecções, medicações ou clima (especialmente ar extremamente frio ou seco).

Apesar de suas características, o diagnóstico não é simples. “A psoríase pode começar devagar e pode até ser difícil de diagnosticar em seus estágios iniciais ou limitados ou pode se apresentar completamente, afetando mais de 20% do corpo em poucas semanas”, explica o dermatologista Brian Keegan ao “Health”, de onde são as informações.

 

Portanto, saber identificar os sinais e sintomas da doença pode facilitar o início do tratamento. “Ignorar sua condição pode levar a complicações mais sérias”, destaca o médico. Sendo assim, se não for tratada, a psoríase “pode contribuir para problemas no coração, fígado, vasos sanguíneos e muito mais”.

Confira a seguir sete sinais — às vezes sutis — que podem indicar a doença:

1 – MANCHAS VERMELHAS

Manchas vermelhas e inflamadas, como erupções, em toda pele do corpo ou somente em determinadas áreas (até mesmo couro cabeludo), são os sinais mais comuns da condição. Segundo médico, a psoríase em placas representa cerca de 80% a 90% dos casos.

2 – ESCAMAS PRATEADAS

As erupções vermelhas costumam ser acompanhadas de placas escamosas branco-prateadas — células mortas da pele —, favorecendo a sensibilidade do local.

3 – PELE SECA OU RACHADA

Pele seca pode ser um fator sutil, principalmente nos dias mais frios. No entanto, se esse ressecamento for intenso e apresentar descamação ou rachaduras, muitas vezes fazendo sangrar, pode indicar psoríase.

4 – COCEIRA DOLOROSA OU ARDENTE

Com base na Fundação Nacional de Psoríase, nos Estados Unidos, o portal destaca: “Coceira na pele é uma queixa comum de quem sofre da doença. Mais do que apenas uma pontada que faz você coçar, a coceira pode acompanhar uma sensação de ‘mordida’ ou queimação”.

5 – MUDANÇAS NAS UNHAS

As unhas dos pés e das mãos também podem dar sinais. Mudanças de formatos, normalmente para pontiagudas, perda de coloração e excesso de fragilidade, podem indicar artrite psoriática  ou psoríase cutânea.

6 – BOLHAS DE PUS

“Manchas vermelhas e inchadas na pele, cobertas por pequenas protuberâncias cheias de pus, são características distintivas da psoríase pustulosa. Essas bolhas dolorosas contêm glóbulos brancos e podem afetar qualquer parte do corpo, mas geralmente surgem nas palmas das mãos ou solas dos pés”, informa o portal.

7 – DOBRAS DE PELE VERMELHAS E INFLAMADAS

Embora possa ser confundida com assaduras, a psoríase inversa, também chamada de psoríase flexural ou intertriginosa, afeta áreas do corpo com dobras de pele. A condição se caracteriza por manchas lisas, vermelhas e quase brilhantes, que se desenvolvem em áreas como virilha, nádegas, seios ou axilas.

 
Esse tipo da doença tende a acometer pessoas com excesso de peso ou com dobras cutâneas profundas. Além disso, fatores como transpiração e a fricção podem dificultar o tratamento.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br