quinta-feira, 30 maio 2024
- Publicidade -
Dengue
14.1 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

7 filmes de ação com os efeitos especiais mais exagerados do cinema

 

Filmes de ação são conhecidos por suas cenas de tirar o fôlego e, claro, por seus efeitos especiais exagerados. São explosões, tiros, cenas com carros velozes, acrobacias malucas e por aí vai. Contudo, nem sempre as pós-produções dessas obras acertam seus alvos e, muitas vezes, o que vemos em tela são efeitos especiais ruins e precários.

Pensando nisso, separamos 7 filmes de ação com efeitos especiais ruins para você conferir. E já adiantamos: esta lista poderia ser bem maior!

Filmes com efeitos especiais exagerados

Sim, existem filmes com enredos maravilhosos, mas que deixaram a desejar na pós-produção. Afinal, os efeitos especiais nesses casos foram tão ruins, que fizeram alguns filmes virarem, até mesmo, piada. Veja:

7 – Lanterna Verde

Lançado em 2011, o filme do super-herói Lanterna Verde, da DC, é considerado um dos piores filmes de heróis já produzidos no cinema. Dirigido por Martin Campbell, o longa trouxe Ryan Reynolds no papel do protagonista Hal Jordan, que se une a Tropa dos Lanternas Verdes após receber um anel que lhe confere poderes.

A baixa qualidade do roteiro e os efeitos especiais ruins do filme são os principais responsáveis por sua má fama. Mas vale destacar aqui o uniforme do Lanterna Verde, que, no filme, foi criado através de CGI. O resultado foi tão ruim que nos perguntamos: faltou dinheiro para uma fantasia real?

6 – O Retorno da Múmia

Dwayne Johnson, o The Rock, é um dos atores mais vistos em filmes de ação atualmente. Mas para chegar ao topo, o artista teve uma grande caminhada em Hollywood, passando por algumas produções de qualidade duvidosa, digamos assim. Um deles, certamente, é O Retorno da Múmia, de 2001.

Na obra, o ator, que interpreta o personagem Escorpião Rei, é recriado por meio de computação gráfica. Mas, como é possível atestar no vídeo acima, o trabalho criativo não foi dos melhores e The Rock parece um boneco de videogame. É de chorar!

5 – 007: Um Novo Dia Para Morrer

Agora, uma cena clássica – no pior dos sentidos – quando o assunto é efeitos especiais ruins em filmes de ação. A sequência acontece em 007: Um Novo Dia Para Morrer, de 2002.

Conduzido por Lee Tamahori e protagonizado por Pierce Brosnan, o longa faz parte da grandiosa franquia cinematográfica, que teve seus altos e baixos ao longo do tempo.

E, por falar em baixos, a cena em questão consiste em um surf no gelo – pois é!. Em um ponto do filme, o agente precisa fugir e, para tanto, encarna Gabriel Medina em meio a geleiras. Os efeitos especiais exagerados e mal feitos tornam tudo bem ridículo e forçado.

4 – Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal

Como 007: Um Novo Dia Para Morrer prova, até filmes de grandes franquias podem ter efeitos especiais ruins. Outro exemplo disso é Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, quarta produção da saga de filmes de ação de Steven Spielberg. Mas qual cena leva o prêmio, afinal de contas?

Bem, é a cena em que o personagem Mutt Williams (Shia LaBeouf) é perseguido por macacos na floresta amazônica, no Brasil. Quase tudo na passagem parece falsoincluindo os animais, o cenário e os movimentos do ator. Esperávamos mais de um filme tão grande como esse!

3 – Matrix Reloaded

A saga Matrix, idealizada pelas irmãs Lana Wachowski e Lilly Wachowski, se tornou uma das mais lembradas da história do cinema ao trazer uma história inovadora e futurista, cheia de detalhes e críticas pertinentes. Todavia, os filmes de ação estrelados por Keanu Reeves não foram 100% bons.

Matrix Reloaded, o segundo da franquia, por exemplo, conta com alguns efeitos especiais ruins. Exemplo disso é a cena de batalha entre Neo e um grupo de Agentes Smith, na qual os atores parecem um bando de bonecos de borracha e se movem de maneira bem esquisita.

2 – Anaconda 3

Quando o assunto é efeitos especiais exagerados, outro filme que não pode deixar de ser comentado é Anaconda 3, de 2008. Concebido por Don E. FauntLeRoy, o longa acompanha um grupo de exploradores que precisam escapar de uma serpente gigante e mortal.

A cobra, todavia, causa muito mais riso do que medo. E isso se deve ao péssimo trabalho de computação gráfica realizada para dar vida à criatura. Assim, ficou um pouco difícil levar o filme a sério.

1 – O Som do Trovão

Por fim, temos um filme que, seguramente, é um dos piores dentro do tema desta lista. Estamos falando de O Som do Trovão, de 2005. “Quando um cientista enviado de volta à era pré-histórica se desvia do caminho, causa uma cadeia de eventos que altera a história desastrosamente”, diz a descrição no IMDb.

Apesar de ter a Warner como uma de suas produtoras, a equipe do longa não parece ter investido muito nos efeitos especiais da obra, exibindo criaturas bem estranhas e cenas de ação constrangedoras. Socorro!

Concorda com os longas citados na lista? É, os filmes deixaram a desejar quando o assunto é efeitos especiais. Esperávamos mais, bem mais!

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br