quarta-feira, 22 maio 2024
- Publicidade -
Dengue
32.8 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Três mulheres são assassinadas pelos companheiros durante brigas em MT

 
O ano de 2022 teve diversos meses marcados por crimes de feminicídio nas cidades de Mato Grosso. Em Cuiabá e outras duas cidades, três mulheres foram brutalmente assassinadas pelos maridos ou ex-companheiro durante discussões, ou por não aceitarem o término do relacionamento. Entre as vítimas estão Jaine Diniz Xavier, de 20 anos, Janaína Aparecida Martins Filho, de 24 anos, e Silbene Duroure, de 40 anos.

O feminicídio mais recente é o de Jaine, que aconteceu em novembro, no bairro Jardim Celeste, em Sinop (a 478 km de Cuiabá). Ela foi atingida com uma paulada na cabeça e duas facadas.

De acordo com o boletim de ocorrência, o casal estava na residência quando começou a discutir, por volta das 23h30. Durante a briga, Jaine teria pegado uma faca e partido para cima do marido.

O homem correu até o quintal e pegou um pedaço de madeira para atingir a cabeça de Jaine. Com o golpe, a mulher caiu no chão e o suspeito pegou a faca da mão dela. Na sequência, ele atingiu a companheira duas vezes no tórax. 

NO ANIVERSÁRIO

Janaína foi morta no dia do aniversário dela, 4 de setembro, no município de Gaúcha do Norte (583 km de Cuiabá). Segundo informações da Polícia Civil, a mãe da vítima procurou a delegacia local e informou que a filha foi assassinada e que vinha sofrendo ameaças de morte do ex-marido.

O suspeito teria aproveitado que a vítima estava sozinha em casa, entrou no local e efetuou tiros contra Janaína na frente de suas filhas. O crime teria sido cometido porque Neif Schanadelbach não aceitava o término do relacionamento.

Após cometer o crime, ele tentou se esconder em um assentamento na região, mas, ao tentar voltar para casa, acabou sendo preso pela Polícia Militar.

FACADAS EM VG

Silbene foi morta no mês de junho em uma residência do bairro Engordador, em Várzea Grande.  De acordo com o boletim de ocorrência, os vizinhos ouviram vários gritos vindos da propriedade da vítima por volta das 22h.

Algum tempo depois, uma equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada para ir até o local. Ao entrarem na residência, os agentes encontraram Silbene caída no chão do quarto com vários ferimentos à faca. Uma equipe médica chegou a ser acionada, mas a mulher já estava sem vida.

Silbene era mãe e deixou quatro filhos, sendo três deles menores de idade.

AINDA NÃO TERMINOU

Nesta segunda-feira (26), mais uma mulher teve a vida interrompida pelo companheiro no Estado. Genésia Maria Pereira, de 52 anos, levou um tiro no peito de espingarda de pressão, desferido pelo marido Leodir, principal suspeito do caso. O fato aconteceu no bairro 15 de Maio, também em Várzea Grande.

 

Revoltado com o fato, o filho da vítima esfaqueou o homem, que está hospitalizado no Pronto-Socorro de Várzea Grande.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Suspeito de furtar lanchonete nesta madrugada é preso em Tangará

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de...

Entenda qual a diferença entre body splash e colônia e saiba como escolher

Estar sempre exalando um aroma agradável é um desejo muito comum!...
Feito com muito 💜 por go7.com.br