quarta-feira, 22 maio 2024
- Publicidade -
Dengue
32.8 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Testemunhas apresentam versões diferentes da mulher que matou dois homens em Terra Nova, diz delegado

As testemunhas apresentaram versões diferentes da gestante Bruna Tatiane Evangelista Felski, de 26 anos, que matou a tiros um idoso e o filho dele em Terra Nova do Norte, segundo o delegado José Getúlio Daniel. O crime ocorreu no sábado (22).

A grávida confessou, durante depoimento à Polícia Civil, que atirou contra o irmão e o pai da suposta ex-amante do marido dela para defender os pais.

De acordo com o delegado, os depoimentos de familiares das vítimas começaram a ser colhidos há um dia e terminaram nessa quinta-feira (27). “Temos depoimentos contraditórios dos familiares das vítimas. Eles afirmam que os fatos realmente aconteceram de forma divergente da investigada”, disse.

A polícia informou que ainda está dentro do prazo da conclusão do inquérito e que também aguarda o laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Entenda o caso

A gestante contou ao delegado que no dia do crime, ela foi até a casa onde morava a suposta ex-amante, junto com os pais. No depoimento, ela disse que estava “cega e desesperada” e, no local, ela começou a falar com o pai da mulher e com a esposa dele. Todos estavam alterados emocionalmente, de acordo com o relato.

Ainda segundo a versão de Bruna, após uma sequência de agressões verbais entre os parentes da suposta amante, ela foi até o carro do marido, pegou uma pistola e efetuou os disparos contra o irmão e o pai da mulher. De acordo com ela, após perceber que eles atacariam os pais dela.

Vida conjugal

Segundo a acusada, ela conheceu o esposo, Rodrigo, em uma rede social em 2021, enquanto ele trabalhava em uma propriedade rural do município e ela morava em Colíder. Logo em seguida, o casal foi morar junto na Fazenda Talismã. Ela disse que eles sempre tiveram um bom relacionamento.

Ela tinha um filho e o marido, três antes de se unirem. O casal descobriu a nova gravidez em abril deste ano e, segundo ela, trata-se uma gestação de risco. No entanto, ela percebeu o marido mais afastado e não se mostrava feliz com o novo filho.

Em setembro, ela encontrou conversas do marido com uma suposta ex-amante no celular dele, enquanto ele dormia. Ela perguntou ao esposo sobre o as mensagens, mas ele negou o caso extraconjugal. Com a situação, Rodrigo passou a morar com a mãe dele.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br