domingo, 26 maio 2024
- Publicidade -
25.4 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

MT já arrecadou R$ 28 milhões com leilões de veículos e imóveis confiscados de organizações criminosas

 

Neste ano, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) aumentou em 154% a arrecadação de recursos provenientes de leilões de bens apreendidos, pelas justiças Estadual e Federal, em ações contra ao tráfico de drogas em Mato Grosso. O acréscimo está relacionado à maior agilidade na organização dos leilões.

A Secretaria Adjunta de Justiça (Saju), responsável pela realização dos leilões, arrecadou mais de R$ 10,7 milhões de janeiro a outubro deste ano. O balanço final do ano passado somou R$ 4,2 milhões, obtidos em leilões de veículos apreendidos na mesma modalidade de crime no estado.

Também foram arrecadados, desde o início do ano, R$ 17 milhões relacionados aos pregões de imóveis sequestrados pela justiça, em processos contra organizações criminosas, totalizando cerca de R$ 28 milhões.

Enquanto uma parte deste valor fica com o Estado, a outra é enviada ao Governo Federal, por meio Fundo Nacional Antidrogas (Funad), sendo que um percentual retorna ao Estado em forma de investimentos para custear ações de combate ao tráfico de drogas.

A secretaria-adjunta de Justiça, Lenice Barbosa, lembrou que ainda estão em andamento pregões de mais R$ 150 milhões em bens, que serão leiloados até o fim deste ano. Ela comemorou os resultados alcançados pela atual gestão e explicou o motivo do aumento da arrecadação.

“O aumento está relacionado à maior quantidade de veículos apreendidos, que foram disponibilizados pela justiça neste ano. Além disso, temos um setor responsável pela gestão dos ativos, que está dando mais celeridade aos processos de bens do tráfico de drogas enviados para leilão”.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Jogos hoje (26/05/24) ao vivo de futebol: onde assistir e horário

Confira onde assistir ao vivo aos jogos de futebol...

MPF investiga irregularidade na exploração de diamantes em MT por empresa de ucranianos

O procurador da República Guilherme Fernandes Ferreira Tavares instaurou...

Desastres afetam 6,1 milhões de pessoas em 10 anos no Estado

Mais de 6,1 milhões de mato-grossense já foram afetados...
Feito com muito 💜 por go7.com.br