segunda-feira, 22 abril 2024
- Publicidade -
Dengue
23 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Polícia Civil de Campo Novo da apoio em investigação que culminou com apreensão de 1 tonelada de drogas em MT

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Mato Grosso (FICCO-MT) deflagrou, nesta quinta-feira (22), a Operação Contrafluxo para cumprir oito  mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão e um sequestro de um imóvel contra um grupo responsável pelo fornecimento de droga aos estados de São Paulo e Paraná.

Equipes da FICCO em operação no interior de Mato Grosso, apreenderam em setembro e outubro do ano passado duas cargas de cloridrato de cocaína que totalizaram uma tonelada de entorpecente. A droga estava sendo preparada para o transporte em caminhões com destino a outros Estados do País.

A investigação, após a apreensão das cargas de cocaína,  identificou os envolvidos no esquema do transporte e destinação da droga e foram representadas pelas medidas cautelares, deferidas pelo juízo da 4ª Vara Criminal de Sinop.

No dia 07 de dezembro do ano passado foi deflagrada a primeira fase, em que foram cumpridos 26 mandados judiciais de prisão preventiva, busca e apreensão e sequestro de bens.

Durante as diligências, os policiais colheram provas da participação de outros envolvidos no esquema criminoso e identificaram uma atuação sofisticada para a lavagem de dinheiro. Também foi identificado que a droga enviada às regiões sul e sudeste era para abastecer a atuação de uma grande facção criminosa que atua na localidade.
Uma tonelada de cocaína

Foram apreendidas, em setembro e outubro do ano passado, nos municípios de Porto dos Gaúchos e Juara, duas cargas de cloridrato de cocaína que seriam enviadas a estados do Sudeste do País. A apreensão foi possível após um trabalho de inteligência realizado entre as forças de segurança pública, coordenado pela FICCO/MT.

O primeiro carregamento foi localizado no final de setembro do ano passado, na zona rural de Juara, em um trabalho conjunto da FICCO/MT, Gefron, Polícia Militar de Sinop e da PRF de Sorriso. Os 500 quilos de cloridrato estavam enterrados em uma área próxima a uma pista clandestina de pouso.

Em continuidade à investigação, no dia 09 de outubro do ano passado, a equipe da FICCO flagrou um caminhoneiro, na cidade de Porto dos Gaúchos, na região médio-norte de Mato Grosso, transportando uma carga com 456 quilos de cloridrato de cocaína. A droga estava em um fundo falso da carreta conduzida pelo suspeito, que também faz parte do grupo criminoso investigado.

Com as informações apuradas na apreensão das cargas, a FICCO conseguiu chegar aos demais integrantes do grupo e representar pela concessão das medidas cautelares cabíveis.

As investigações da Operação Contrafluxo contaram com apoio das Delegacias da Polícia Federal de Sinop (MT) e Jales (SP); das delegacias da Polícia Civil de Mato Grosso nas cidades de Porto dos Gaúchos, Juara, Campo Novo do Parecis, além da Gerência de Combate ao Crime Organizado; Polícia Militar de Sinop e Nobres e a Polícia Rodoviária Federal em Sorriso.

A FICCO-MT é uma força integrada e composta pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Polícia Militar e tem por objetivo realizar uma atuação conjunta e integrada no combate ao crime organizado no estado do Mato Grosso.

 

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Custo para produzir milho em Mato Grosso atinge cerca de R$ 3,3 mil por hectare

Conteúdo/ODOC – O custo da produção do milho alta tecnologia...

Número de denúncias de violência contra idosos cresce em 2024

O vídeo de uma mulher tentando sacar um empréstimo...

WhatsApp GB: navegando pelos prós e contras

O WhatsApp GB tornou-se popular por oferecer mais recursos...
Feito com muito 💜 por go7.com.br