terça-feira, 23 abril 2024
- Publicidade -
Dengue
29.1 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Polícia prende um dos acusados de execução de estudante em Arenápolis

Policiais da Regional de Nova Mutum, com apoio da equipe da Delegacia de Arenápolis, cumpriram, neste sábado (10.12), a prisão preventiva de um foragido, que era procurado pelo homicídio de uma adolescente de 14 anos.

Após cruzamentos de informação realizados pelos investigadores da Delegacia de Arenápolis, foi possível localizar o criminoso, de 20 anos.

No dia 31 de outubro deste ano, o homem preso neste sábado foi um dos responsáveis por matar Ana Lídia Lima dos Santos porque, supostamente, ela seria integrante de facção criminosa rival à dele.

A Polícia Civil de Arenápolis identificou todos os envolvidos no crime e o delegado Hugo Abdon representou pela prisão preventiva de cinco criminosos. Até o momento, três deles foram presos, sendo que dois ainda seguem foragidos.

O inquérito policia foi concluído e encaminhado à Justiça e ao Ministério Público de Nortelândia.

Crime e investigação

Conforme a investigação da Delegacia de Arenápolis, uma facção criminosa determinou a execução das vítimas, de 14, 16 e 33 anos, em um ‘tribunal do crime’ por suspeitas infundadas de que elas seriam integrantes de um grupo criminoso rival. A adolescente Ana Lídia Lima dos Santos, de 14 anos, foi morta e as outras duas conseguiram escapar com vida.

A Polícia Civil agiu rapidamente para esclarecer o crime, assegurar a integridade física das vítimas, colher as provas e identificar todos os criminosos. “O trabalho investigativo continua, principalmente, no sentido de identificar o paradeiro dos outros dois criminosos que estão foragidos”, acrescentou o delegado.

Os investigados responderão por homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa.

Conforme a apuração, as vítimas estavam em casa, quando três homens armados invadiram a residência e as renderam. As vítimas foram amarradas e colocadas dentro de um veículo, sendo levadas para a estrada do São Francisco, próximo ao lixão no município de Nortelândia.

Durante o percurso, os suspeitos ameaçaram a jovem de 16 anos por ter publicado uma foto em rede social, supostamente fazendo sinais referentes a uma facção criminosa. Os criminosos pararam o veículo e levaram as duas jovens para um pasto e efetuaram vários disparos. O homem de 32 anos permaneceu amarrado na estrada, até que conseguiu afrouxar a corda e fugir. A adolescente de 14 anos não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

 

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

MT entrega 30 mil uniformes escolares confeccionados por reeducandos

 O Governo de Mato Grosso vai entregar, nesta quarta-feira...

Decreto de Lula é visto como ameaça real e acirra ânimos entre governo e o Agro

O decreto 11.995/2024, que institui o Programa Terra da Gente...
Feito com muito 💜 por go7.com.br