quarta-feira, 17 abril 2024
- Publicidade -
23.2 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Operação prende grupo de MT que tentou enviar uma tonelada de cocaína para SP e PR

Força Integrada de Combate ao Crime Organizado em Mato Grosso (FICCO-MT) deflagrou nesta quinta-feira (7), a Operação Contrafluxo, que tem como objetivo cumprir 5 mandados de prisão preventiva contra uma quadrilha de Mato Grosso responsável por alimentar o tráfico de drogas nos estados de São Paulo e Paraná.

Além das prisões, são cumpridos 9 mandados de busca e o sequestro de 8 carretas e 4 caminhonetes. Os bens dos investigados estão avaliados em R$ 5 milhões de reais.

A operação é fruto da apreensão de duas cargas de cocaína, que totalizaram uma tonelada de droga, em setembro e outubro, no interior de Mato Grosso. Investigação conseguiu identificar os envolvidos no transporte e na destinação da droga.

As ordens judiciais foram deferidas pelo juízo da 4º Vara Criminal de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá).

Apreensão

Em setembro e outubro deste ano foram apreendidas nos municípios de Porto dos Gaúchos e Juara duas cargas de cloridrato de cocaína que seriam enviadas a estados do Sudeste do País.

A apreensão foi possível após um trabalho de inteligência realizado entre as forças de segurança pública.

O primeiro carregamento foi localizado no final de setembro, na zona rural de Juara, em um trabalho conjunto da Ficco/MT, Gefron, Polícia Militar de Sinop e apoio da PRF de Sorriso. Os 500 quilos de cloridrato estavam enterrados em uma área próxima a uma pista clandestina de pouso.

Em continuidade à investigação, no dia 09 de outubro, a equipe da FICCO flagrou um caminhoneiro, na cidade de Porto dos Gaúchos, na região médio-norte de Mato Grosso, transportando uma carga com 456 quilos de cloridrato de cocaína. A droga estava em um fundo falso da carreta conduzida pelo suspeito que faz parte do grupo criminoso investigado.

Com as informações apuradas na apreensão das cargas, a FICCO conseguiu chegar aos demais integrantes do grupo e representar pela concessão das medidas cautelares cabíveis.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

O Impacto da Patrulha Maria da Penha na Segurança das Mulheres em Nova Olímpia

Na tarde da última terça-feira dia (16), a secretária...

Quase 4 bilhões de pessoas correm risco de infecção pelo Aedes

Quase quatro bilhões de pessoas em todo o mundo...

MT reduz em 49% desmatamento de floresta nativa em 2023 em relação a 2022

Mato Grosso reduziu em 49% o desmatamento de floresta...
Feito com muito 💜 por go7.com.br