terça-feira, 23 abril 2024
- Publicidade -
29.1 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Caso de aborto em Cuiabá é investigado: possibilidade de remoção de órgãos

Uma ocorrência trágica mobilizou a Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) na madrugada de (24.11), por volta das 00h27, em Cuiabá. Segundo a Polícia, o caso envolve a possível violação da Lei da Remoção de Órgãos, Tecidos e Partes do Corpo Humano para Fins de Transplantes e Tratamento (Lei nº 9.434/70). A vítima, uma adolescente de 14 anos do sexo feminino, foi encontrada em uma residência particular no bairro Vila Nova do Coxipó.

A DHPP foi acionada para investigar uma ocorrência inicialmente tratada como aborto. No local, os investigadores se depararam com um feto masculino natimorto, com aproximadamente 8 meses de gestação, cuidadosamente envolto em uma toalha dentro de uma mochila. A mãe da criança, também de 14 anos, estava em atendimento médico no momento da chegada da equipe policial. Até o fechamento do Boletim de Ocorrência, ela não havia prestado depoimento às autoridades.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa iniciou imediatamente as apurações sobre as circunstâncias do ocorrido. O caso levanta questionamentos sobre as possíveis motivações que levaram a essa triste situação.

A Lei nº 9.434/70, que regulamenta a remoção de órgãos para transplantes e tratamentos, traz implicações sérias no contexto dessa ocorrência. A DHPP trabalhará em conjunto com profissionais de saúde para entender os detalhes do aborto e determinar se a lei foi violada.

A comunidade local aguarda ansiosamente mais informações sobre este incidente lamentável, enquanto as autoridades se esforçam para esclarecer os fatos e, se necessário, buscar responsabilidades legais diante dessa trágica ocorrência.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

MT entrega 30 mil uniformes escolares confeccionados por reeducandos

 O Governo de Mato Grosso vai entregar, nesta quarta-feira...

Decreto de Lula é visto como ameaça real e acirra ânimos entre governo e o Agro

O decreto 11.995/2024, que institui o Programa Terra da Gente...
Feito com muito 💜 por go7.com.br