quarta-feira, 17 abril 2024
- Publicidade -
Dengue
23.2 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Volume de mato-grossenses inadimplentes registra queda de 1,71% em dezembro; segunda menor do país

A dívida média dos mato-grossenses é de R$ 5,5 mil

O novo ano começa com uma boa notícia para o sistema de crédito: a porcentagem de mato-grossenses que não conseguem pagar suas contas teve queda de 1,71% na comparação entre dezembro e novembro de 2023. Em números concretos, 21.823 consumidores saíram do endividamento. Os dados fazem parte do Mapa de Inadimplência e Renegociação de Dívidas da Serasa.

Em comparação com o panorama nacional, ainda é possível observar que o Mato Grosso teve a segunda maior queda entre as 25 unidades federativas que apresentaram redução de endividados no mês – perdeu apenas para Espírito Santo, com 2,02%. A inadimplência no Estado, por sua vez, segue alta no Estado, com 50,58% da população comprometida em dezembro ou 6.423.661 CPFs nessa situação.

Detalhes do comportamento

De acordo com o levantamento, o valor total de débitos em dezembro no Estado chegou à soma de R$ 7,43 bilhões, o que significa uma dívida média de R$ 5.502,96 por mato-grossense endividado. Ainda assim, houve redução de 0,45% em relação aos déficits de novembro – R$ 5.527,78.

O motivo da maior parte das dívidas está concentrado em três setores: contas básicas de água, luz e gás (26,50%), varejo (25,28%) e bancos e cartões (18,47%). Entre as faixas etárias, os maiores inadimplentes mato-grossenses tinham entre 26 e 40 anos (35,5%), seguidos pela população de 41 a 60 anos (34,7%) e por pessoas acima de 60 anos (16,9%).

“O programa Desenrola desenvolvido pelo Governo Federal e os Feirões da Serasa contribuíram decisivamente para a melhora dos dados de novembro e dezembro”, ressalta Aline Maciel, gerente da plataforma Limpa Nome. “Apenas a Serasa registrou um total de 4,1 milhões de acordos de débitos realizados ao longo do ano passado, concedendo um total de R$ 11,7 bilhões de descontos a 2,5 milhões de brasileiros”, completa.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

O Impacto da Patrulha Maria da Penha na Segurança das Mulheres em Nova Olímpia

Na tarde da última terça-feira dia (16), a secretária...

Quase 4 bilhões de pessoas correm risco de infecção pelo Aedes

Quase quatro bilhões de pessoas em todo o mundo...

MT reduz em 49% desmatamento de floresta nativa em 2023 em relação a 2022

Mato Grosso reduziu em 49% o desmatamento de floresta...
Feito com muito 💜 por go7.com.br