sábado, 13 abril 2024
- Publicidade -
25.7 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Vários Produtores de leite de MT paralisam produção por queda no preço pago por laticínios

Diversos produtores de leite do Estado de Mato Grosso realizam desde o dia 1º de janeiro, uma paralização na produção por conta do baixo preço pago pelos laticínios.

De acordo com os produtores, o valor que vem sendo pago pelo litro de leite, não está cobrindo os custos de produção.

A baixa remuneração tem ameaçado desde o início do ano passado a sobrevivência do setor.

Na região Oeste, a maior produção leiteira do Estado, a grande maioria dos produtores paralisaram a produção, por causa do não cumprimento de um acordo com os laticínios.

“Estamos paralisados desde primeiro de janeiro, já tem seis dias, porque a indústria aqui está pagando abaixo do que tínhamos combinado. Eles tinham combinado pagar o primeiro ou o segundo melhor preço do estado, mas já tem 11 mês que estão pagando o pior preço. É por isso que estamos fazendo esta paralização. Estamos exigindo nada do que eles podem fazer”, disse o produtor do município de Conquista do Oeste, Edivaldo José Pereira.

“Tem 4 meses de período de baixa que estamos na seca e eles continuam pagando o pior preço para nós aqui na região Oeste que é a maior produtora do estado”, explicou.

O deputado estadual Gilberto Cattani (PL), que também é um pequeno produtor de leite, manifestou apoio aos produtores e cobrou uma melhor remuneração, sob o risco de a atividade ser totalmente inviabilizada.

“A situação do leiteiro em todo o país é desesperadora desde a entrada do novo presidente da República e aqui em Mato Grosso não é diferente. Na Assembleia Legislativa estamos trabalhando muito para buscar melhores preços e para mudarmos a política nacional para o leite importado”, afirmou o parlamentar.

A compra do leite importado, incentivado pelo Governo Federal desde 2023, é apontado como o principal motivo para a queda no preço pago ao produtor brasileiro e mato-grossense.

Na Assembleia Legislativa, Cattani tem apresentado propostas como a obrigatoriedade da inclusão do leite e do queijo produzido no Estado nas merendas escolares, a retirada de incentivo fiscal para comercialização de leite importado, a formação do Índice do Leite Cru, além do trabalho realizado na CPI do Leite e na Frente Parlamentar de apoio ao Produtor de Leite.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Governadores de oposição têm melhor avaliação que Lula em seus Estados

Tarcísio de Freitas (Republicanos), Romeu Zema (Novo), Ratinho Júnior...

Jogos hoje (13/04) ao vivo de futebol: onde assistir e horário

Confira onde assistir ao vivo aos jogos de futebol...

Dupla de adolescentes é apreendida após invadir casa e ameaçar família com arma de fogo

Dois adolescentes foram apreendidos pela Força Tática, na noite...

DERF prende suspeito e recupera moto roubada em Tangará da Serra

A Polícia Judiciária Civil, por meio da DERF (Delegacia...
Feito com muito 💜 por go7.com.br