quinta-feira, 18 abril 2024
- Publicidade -
26.8 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Sem palanque definido, Neri desidrata e registra 14,8% na Percent; Wellington segue como líder com 32,3% em MT

 
 

Às vésperas das convenções estaduais, o deputado federal, Neri Geller (PP), ainda não definiu se vai mesmo subir no palanque da oposição em Mato Grosso. Com isso, ele perdeu fôlego na disputa pela única vaga ao Senado, em 2022.

Segundo levantamento quantitativo realizado pela Percent, em nível estadual, o atual senador, Wellington Fagundes (PL), lidera a disputa com 32,3%. Neri é o segundo com 14,8%, seguido pela médica e empresária, Natasha Slhessarenko (PSB), que cravou 7,9% das citações.

De acordo com o sócio-proprietário da Percent, Ronye Steffan, o eleitor de Geller estranhou a sua dúbia posição nos últimos dias. Ele oscilou entre apoio ao governador, Mauro Mendes (União Brasil), bem como adesão ao palanque do ex-presidente Lula (PT).

“Os eleitores do deputado (Neri) estão desorientados, sem rumo. Eles perderam a confiança no seu líder, uma vez que o Neri Geller não se define. Uma hora ele conversa com o governador (Mauro Mendes), outra ocasião ele aparece ao lado do Lula (ex-presidente). Esta dupla face, empurrou o deputado pra baixo. Se não tomar rumo com urgência, ele será ultrapassado pela sua concorrente, Natasha Slhessarenko”, explicou Ronye Steffan, proprietário da Percent.

Quanto ao quesito rejeição, Wellington apareceu com 11% e Neri obteve 8,1% de recusa. Os demais nomes praticamente não possuem rejeição aos olhos do eleitorado mato-grossense.

Estimulda

Metodologia

A mais nova pesquisa da Percent foi realizada entre os dias 30 de julho e 2 de agosto com 812 entrevistas presenciais em Mato Grosso. Com intervalo de confiança de 95%, a sondagem tem margem de erro de 3,44% para mais ou para menos. Seguindo os ditames da legislação eleitoral em vigor, a pesquisa foi devidamente registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral sob os números MT-01064/2022 e BR-04455/2022.

Rejeição

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Apostas online só poderão ser pagas por PIX, transferência ou débito

Regulamentação do Ministério da Fazenda publicada nesta quinta-feira (18),...
Feito com muito 💜 por go7.com.br