quinta-feira, 18 abril 2024
- Publicidade -
22.8 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Para quem fica longe da folia, trilhas e mergulhos são uma opção; confira destinos em MT

Feriado prolongado pode ser uma brecha para quem busca sair da rotina e fazer um “bate e volta” em cidades próximas à Cuiabá para aproveitar as belezas naturais do estado e se conectar com a natureza. Além disso, o momento oferece oportunidade de relaxar e espairecer em meio a ambientes paradisíacos.

Pesquisa da consultoria Timelens mostrou que nas redes sociais cerca de 25% dos brasileiros falam que têm sonhado com viagens, um desejo que fica em segundo lugar nas categorias mencionadas. Quando o assunto é especificamente viagem, 33% deles falam que viajam para esquecer os problemas.

Um dos benefícios de viajar, além de conhecer novos lugares, pessoas e culturas, é estar em contato com a natureza a depender do destino escolhido. Estar próximo desses espaços é um desejo da maioria dos brasileiros: 82% valorizam lugares que tenham paisagens naturais quando escolhem um destino para viajar e 52% costumam realizar atividades junto à natureza, segundo pesquisa da WWF-Brasil, realizada pelo IBOPE Inteligência.

A reportagem do  preparou uma lista de destinos próximos à capital e que podem ser visitados até de carro neste feriadão para quem curte pegar a estrada.

Vale do Chico

Localizado no município de Jaciara, 144 km ao sul de Cuiabá, o Vale do Chico é um destino para quem busca se aventurar, estar em meio a natureza e desfrutar da tranquilidade em meio a paisagens de tirar o fôlego.

Com piscinas naturais e cachoeiras formadas pelas águas do Rio Fortaleza, o local é ideal para quem quer conhecer lugares paradisíacos sem ir muito longe ou mesmo sair do estado.

O circuito permite conhecer várias cachoeiras e pontos de banho num percurso de apenas 2500 m. Dentre os pontos mais conhecidos estão Poço dos Sonhos, Cachoeira do Sonrisal, Caverna do Sonrisal, Cachoeira da Prainha, Encontro das Águas e vários outros poços para banho.

 Cânion da Serra Ricardo Franco

Situado no Parque da Serra de Ricardo Franco, no município de Vila Bela da Santíssima Trindade, a 521 km a Oeste de Cuiabá, o cânion surpreende pela exuberância em um cenário digno de filmes de cinema.

Vila Bela, que foi a primeira capital do estado de Mato Grosso ainda no período colonial, muito conhecida também pelas ruínas da Igreja da Matriz, possui diversas paisagens naturais que a tornam o destino perfeito para o ecoturismo, repleto de cânions, piscinas naturais de águas transparentes, e ainda é local de encontro das vegetações da mata amazônica, cerrado e pantanal.

Podem ser visitados também a Cachoeira do Jatobá, Cachoeira dos Macacos, Cânion Jatobá, Poço Azul, Piscina da Noiva, Cachoeira do Sol, Cachoeira dos Namorados, e ainda a Trilha do Funil, Cachoeira da Laje, Cachoeira da Samambaia, Cachoeira do Funil, Mirante do Cactos e Cachoeira do Limão; a Trilha da Poaia, com Cachoeira do Piscinão, Piscina dos Namorados, Piscina da Tartaruga, Cachoeira da Poaia. Opção é o que não falta.

Flutuações em Bom Jardim

No município de Nobres 146 km a médio-norte de Cuiabá, fica o distrito de Vila Bom Jardim, a 64 km da cidade, um local com cenários naturais que encantam desde mato-grossenses até estrangeiros.

Devido aos maciços de calcários e rochas, as águas do local possuem transparência incomparável, sendo possível ver peixes como em aquários naturais, além de nascentes, cachoeiras, grutas, balneários que são referência em preservação ambiental.

Para quem gosta de um mergulho, a atração principal fica por conta das flutuações: Flutuação Aquário Encantado, Flutuação Reino Encantado, Flutuação Balneário Refúgio Água Azul, Flutuação Vale das Águas, Flutuação Rio Triste e a famosa Cachoeira Serra Azul, no parque SESC Serra Azul.

Dolina Água Milagrosa

Localizada em uma propriedade particular distante 25 km de Cáceres e 225 km da oeste de Cuiabá, para chegar até a Dolina, é preciso percorrer uma trilha de aproximadamente 850 metros, além de descer uma escadaria com mais de 150 degraus.

Apesar do esforço durante o percurso, o visual do lugar vale a pena. Em meio a uma gruta de 200 metros de altura, o lago oscila entre azul turquesa e verde esmeralda, um dos melhores pontos de mergulho do Mato Grosso.

A Dolina da Água Milagrosa recebe esse nome porque, para os moradores da região, a água teria propriedades medicinais. Comprovado ou não o poder curativo da água, fato é que o ambiente paradisíaco é ideal para se desligar da rotina da cidade e ficar imerso na energia e beleza natural do espaço, e nisso mal nenhum faz a saúde.

 

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

O Impacto da Patrulha Maria da Penha na Segurança das Mulheres em Nova Olímpia

Na tarde da última terça-feira dia (16), a secretária...

Quase 4 bilhões de pessoas correm risco de infecção pelo Aedes

Quase quatro bilhões de pessoas em todo o mundo...

MT reduz em 49% desmatamento de floresta nativa em 2023 em relação a 2022

Mato Grosso reduziu em 49% o desmatamento de floresta...
Feito com muito 💜 por go7.com.br