terça-feira, 16 abril 2024
- Publicidade -
Dengue
27.5 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Municípios bloqueados podem ficar sem receber repasse do FPM; confira quais são e quanto o seu município vai receber

Até a última atualização, 12 cidades estavam com irregularidades no Siafi

Até esta terça-feira (6), 12 municípios estavam bloqueados no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi). Caso eles não regularizem a situação, podem ficar sem receber o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) na sexta-feira (9).

Neste primeiro repasse do mês de fevereiro, referente ao 1º decêndio, serão distribuídos mais de R$ 12,5 bilhões entre as cidades brasileiras. Na comparação com o mesmo período de 2023, o valor será cerca de 5,3% maior.

O prefeito de Pirapó, no Rio Grande do Sul, Auri Kochhann, espera que a tendência de alta dos repasses se mantenha para que o ano de 2024 seja melhor que o anterior.

“O ano que passou reduziu bastante o FPM, nós tivemos até que dar uma reduzida nos nossos trabalhos no município. Não está como devia estar, vamos aguardar para a gente dar uma suspirada melhor. [Esse dinheiro] é utilizado para várias áreas. Nós não temos indústria, então temos uma demanda muito grande em várias áreas para atender à população do município”, comenta.

Os valores do FPM são repassados a cada 10 dias e calculados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), de acordo com o número de habitantes de cada cidade.

O consultor de orçamento César Lima alerta que os prefeitos devem manter sempre em dia as suas obrigações para que não haja bloqueios de valores. Ele explica quais são os motivos mais comuns que levam a essa suspensão.

“Esses municípios estão com pendências previdenciárias ou junto a União. Pegaram empréstimos garantidos pela União e não honraram as parcelas, então a União bloqueia para honrar esses empréstimos que foram pegos pelos municípios”, explica.

Entre as 12, as cidades de Carapebus, no Rio de Janeiro, e Araguapaz, em Goiás, estão com bloqueio desde o mês de outubro. As demais entraram na lista em janeiro. Para resolver a situação e voltar a receber os repasses, os municípios precisam buscar os órgãos responsáveis. Após a regularização, as cidades recebem os valores retidos.

Veja a lista das cidades bloqueadas até o dia 6 de fevereiro

  • Eunápolis (BA)
  • Glória (BA)
  • Rodelas (BA)
  • Sítio do Mato (BA)
  • Aragoiânia (GO)
  • Araguapaz (GO)
  • Paranatinga (MT)
  • Carapebus (RJ)
  • Macaé (RJ)
  • Macuco (RJ)
  • São Francisco (SE)
  • Formoso do Araguaia (TO)

Confira no mapa os valores repassados ao seu município

https://brasil61.com/widgets/mapa/228https://brasil61.com/n/municipios-bloqueados-podem-ficar-sem-receber-repasse-do-fpm-confira-quais-sao-bras2410897?email=alvnelson@gmail.com&utm_source=newsletter&utm_medium=newsletter&utm_campaign=newsletter#:~:text=Munic%C3%ADpios%20bloqueados%20podem,ao%20seu%20munic%C3%ADpio

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br