sábado, 13 abril 2024
- Publicidade -
25.7 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

MT recebe R$ 22,88 bilhões do Governo Federal entre recursos para estado, prefeituras e cidadãos

Saúde, educação, segurança, habitação, infraestrutura, assistência social, cultura, ciência, tecnologia, emprego e esporte. O ano de 2023 termina com amplos investimentos e ações do Governo Federal em Mato Grosso. Entre transferências constitucionais, legais e discricionárias para o estado, prefeituras e cidadãos nos 141 municípios, R$ 22,88 bilhões foram repassados para os mato-grossenses no período.
No detalhamento, são R$ 5,77 bilhões para o estado, R$ 7,11 bilhões para os municípios e R$ 10 bilhões em benefícios diretos para cidadãos. Esses últimos são divididos entre R$ 1,97 bilhão em Bolsa Família (até novembro), R$ 1,1 bilhão em Benefício de Prestação Continuada (BPC), R$ 21,12 milhões em Auxílio Gás, R$ 786,51 milhões em Seguro Desemprego e R$ 6,09 bilhões em benefícios previdenciários, sendo esses valores até outubro.Nesse trabalho de reconstrução do país, o Governo Federal lançou ou recriou 75 programas em 2023.

HABITAÇÃO E INFRAESTRUTURA – Com o programa incluído no Novo PAC, ao longo do ano 4,37 mil moradias contratadas por meio de financiamento do FGTS com valor de R$ 626,69 milhões em 70 municípios. Há, ainda, 2,53 mil moradias em 16 novos empreendimentos da Faixa 1 selecionados para receber investimento do Governo Federal em 8 municípios mato-grossenses.

O Novo PAC também já definiu prioridade para a entrega de obras estruturantes aguardadas, como a construção da BR-158, no contorno da Terra Indígena Marâiwatsédé e a construção da BR-242, de Gaúcha do Norte a Santiago do Norte.

Antes mesmo de o Novo PAC ser anunciado, o Governo Federal se dedicou à conclusão de uma série de obras em Mato Grosso, como a construção do Centro de Iniciação ao Esporte do município de Cáceres, a revitalização de 55 km da BR-364, entre Diamantino e Campo Novo do Parecis e a recuperação de 113 km da BR-364 entre Alto Araguaia e Alto Garças.

SAÚDE – O setor da saúde também teve boas novidades em Mato Grosso. A retomada do Mais Médicos alocou 88 médicos no programa que permite o acesso direto a profissionais de saúde nos municípios mais distantes dos grandes centros. Há agora um total de 290 na rede de atenção do estado, um atendimento potencial a 894 mil pessoas. Há também 31 médicos atuando em 5 Distrito Sanitário Indígena no estado.

Entre janeiro e outubro, 45 novas equipes foram habilitadas no Brasil Sorridente, programa voltado para o tratamento odontológico pelo SUS. Ao total, são 56 equipes no estado. Entre abril e setembro, foram realizadas 950 cirurgias do total de 7 mil previstas no programa criado para reduzir a fila. Um total de R$ 4,16 milhões em recursos foram transferidos ao estado.

Outro programa retomado foi o Farmácia Popular. Só no mês de agosto, 54,7 mil pessoas foram beneficiadas. Um total de 52 mil pacientes retiraram medicamentos gratuitos para diabetes, hipertensão, asma, osteoporose e contraceptivos, 5,9 mil beneficiários do Bolsa Família retiraram todos os medicamentos que precisavam de forma gratuita e 12,9 mil adquiriram medicamentos com desconto.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br