sábado, 18 maio 2024
- Publicidade -
Dengue
24.5 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Mato Grosso intensifica combate à Dengue em meio ao aumento de casos

Diante do aumento significativo de casos de dengue em 2024, Mato Grosso reforça suas estratégias de combate à doença. Com 1.810 casos prováveis registrados até o momento, o estado enfrenta um desafio crítico, promovendo ações coordenadas com o Ministério da Saúde.

O Centro de Operações de Emergência – COE Dengue, recém-instalado pelo Ministério da Saúde, terá ênfase na situação em Mato Grosso. A ministra Nísia Trindade destacou a importância da mobilização nacional e da cooperação com estados e municípios, enfatizando a união de esforços para enfrentar a epidemia.

Agentes de Combate às Endemias (ACE) em Mato Grosso desempenham um papel crucial na linha de frente, com 2.041 profissionais atuantes na força-tarefa contra o Aedes aegypti. Seu treinamento especializado visa identificar potenciais focos de vetores, orientar famílias e realizar visitas domiciliares para conter a reprodução do mosquito.

A secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, ressalta a importância de abrir as portas para esses profissionais, destacando que ninguém deseja que sua residência seja um local de risco.

Pessoas mais suscetíveis, como aquelas com doenças crônicas, gestantes, crianças menores de 2 anos e idosos acima de 65 anos, devem redobrar os cuidados. Recomenda-se manter caixas d’água fechadas, guardar pneus em locais cobertos, limpar calhas, amarrar sacos de lixo, evitar acúmulo de entulho, esvaziar garrafas PET, potes e vasos, colocar areia nos vasos de planta e receber bem os agentes de saúde.

A população deve ficar atenta aos sintomas de dengue, chikungunya ou Zika, procurando o serviço de saúde ao surgirem os primeiros sinais. O estado intensifica esforços para prevenir, monitorar e controlar a propagação dessas arboviroses, contando com a colaboração ativa da comunidade nesse enfrentamento.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Analfabetismo no Brasil é maior em cidades pequenas, aponta Censo

As informações coletadas pelo Censo 2022, e divulgadas nesta sexta-feira, 17,...

Desembargadora cai em golpe no Whatsapp e perde R$ 45 mil

A desembargadora Maria Helena Póvoas, do Tribunal de Justiça...

CNM diz que agronegócio já perdeu mais de R$ 2 bi com as cheias do RS

As fortes chuvas e inundações que atingiram o Rio...
Feito com muito 💜 por go7.com.br