segunda-feira, 17 junho 2024
- Publicidade -
Dengue
30.4 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

FALTAM 6 DIAS Mais de 156 milhões de eleitores retornarão às urnas

 

O segundo turno das Eleições 2022 acontece neste domingo, dia 30 de outubro, em todo o território nacional e em 181 localidades no exterior. Mais de 156 milhões de eleitoras e eleitores aptos a votar vão retornar às urnas eletrônicas para escolher, entre os candidatos Jair Messias Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT), quem deverá ser o presidente da República pelos próximos quatro anos.

No entanto, em 12 unidades da Federação, o eleitorado votará em dois cargos. Primeiro, a pessoa deverá digitar na urna eletrônica o número do candidato a governador. Depois, digitará o número de quem escolheu para presidente da República.

No Estado de Mato Grosso os mais de 2,4 milhões eleitores retornarão às urnas para uma única escolha – Presidente da República.

Para este dia, a Justiça Eleitoral já realizou os procedimentos de carga e lacre das urnas eletrônicas que serão utilizadas no segundo turno das Eleições 2022. As cerimônias foram abertas, abrangendo as 57 Zonas Eleitorais do estado.

Do total de urnas, 7.651 são destinadas às seções eleitorais e 1.207 são de contingência, utilizadas em caso de substituições necessárias. Entre os dados inseridos nas urnas, estão o nome do candidato, cargo que disputa, número de identificação e as inscrições eleitorais dos eleitores que votam na referida sessão.

Em Tangará da Serra, de acordo com o chefe do Cartório da 19ª Zona Eleitoral, Luis Gustavo Romko, a cerimônia ocorreu no último dia 17.

“As urnas já estão prontas”,

afirma, ao destacar que tudo está organizado para o segundo turno e que apenas realizarão uma reunião com coordenadores de locais de votação, pois a logística será a mesma.

  • Eleição suplementar:

Oito municípios brasileiros terão eleições suplementares no mesmo dia 30. Nessas cidades, as eleitoras e os eleitores também vão eleger novos prefeitos e vice-prefeitos. Portanto, apenas nessas localidades, as pessoas terão de votar em três cargos, nessa ordem: prefeito, governador e presidente.

A nova votação foi convocada porque os prefeitos eleitos em 2020 tiveram o mandato ou o registro cassados pela Justiça Eleitoral.

 

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br