quinta-feira, 22 fevereiro 2024
- Publicidade -
Banner Topo
25.4 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Deputados estaduais eleitos serão diplomados no próximo dia 15

 
 
 
 A Assembleia Legislativa recebe no dia 15 de dezembro às 19h, no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, a cerimônia de diplomação dos candidatos eleitos por Mato Grosso em 2022 realizada pela Justiça Eleitoral. A presença no evento será restrita aos eleitos e seus convidados, e a imprensa – por conta da capacidade do local.

A diplomação é a última fase do processo eleitoral e atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e está apto a tomar posse no cargo. O Regimento Interno da ALMT prevê que a cerimônia de posse dos parlamentares seja feita sempre no dia 1º de fevereiro às 9h do ano subsequente à eleição.

Os membros do Parlamento estadual da 20ª Legislatura (2023-2027) a serem diplomados nas vagas de deputados estaduais são Janaína Riva (MDB), Max Russi (PSB), Eduardo Botelho (União), Ondanir Bortolini – Nininho (PSD), Lúdio Cabral (PT), Gilberto Cattani (PL), Dilmar Dal Bosco (União), Sebastião Rezende (União), Júlio Campos (União), Thiago Silva (MDB), Faissal Calil (Cidadania), Fábio José Tardin – Fabinho (PSB), Valdir Barranco (PT), Carlos Avallone (PSDB), Alberto Machado – Beto Dois a Um (PSB), Claudio Ferreira (PTB), Diego Guimarães (Republicanos), José Eugênio de Paiva – Dr. Eugênio (PSB), Valmir Moretto (Republicanos), João José de Matos – Dr. João (MDB), Paulo Araújo (PP), Wilson Santos (PSD), Elizeu Nascimento (PL) e Lídio Barbosa – Juca do Guaraná Filho (MDB).

Dos 24 deputados estaduais da atual legislatura (2019-2023), 18 foram reeleitos e outros seis vão ocupar uma cadeira na Assembleia pela primeira vez. Confira aqui um resumo sobre cada um dos eleitos e outras informações sobre a futura composição da ALMT. Entre as principais funções dos ocupantes desse cargo estão apresentação de projetos de lei e outras propostas legislativas, votação de projetos de autoria de outros deputados, do Governo Estadual e de outros órgãos de Estado. Os parlamentares também têm a prerrogativa de fiscalizar o poder executivo estadual, inclusive criando Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI).

Outros cargos – Na ocasião também serão diplomados os eleitos para os cargos de governador de Mato Grosso, deputados federais e senador. O atual governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União), receberá o diploma para o segundo mandato, assim como o vice-governador eleito, Otaviano Pivetta. No Senado Federal, Wellington Fagundes (PL) representará o estado, sendo 1º suplente Mauro Carvalho e 2ª suplente, Rosana Martinelli.

Para atuar como deputados federais serão diplomados Fábio Garcia (União), Abílio Diniz (PL), José Medeiros (PL), Juarez Costa (MDB), Emanuel Pinheiro da Silva Primo – Emanuelzinho (MDB), Amália Barros (PL), Rubia Fernanda Diniz Robson Santos de Siqueira – Coronel Fernanda (PL) e Jonildo José de Assis – Coronel Assis (União).

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Desmatamento na Amazônia cai 60% em janeiro de 2024

O desmatamento na floresta amazônica caiu 60% em janeiro deste ano, chegando ao...

Bandido que agrediu vítima ao roubar bicicleta é preso pela PJC de Tangará

A Polícia Judiciária Civil por meio da Delegacia Especializada...

Concursos públicos municipais pagam até R$ 18 mil em MT

Concursos públicos e seletivos com inscrições abertas em Mato...
Feito com muito 💜 por go7.com.br