sábado, 18 maio 2024
- Publicidade -
24.5 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Crimes contra idosos aumentam em MT; familiares são suspeitos

A violência contra idosos não para de crescer em Mato Grosso. Dados da Secretária de Segurança Pública (Sesp) apontam que mais de 500 ocorrências foram registradas em 2023, em relação a 2022. Só no ano passado, foram 7.933 denúncias, quando no ano de 2022, a polícia recebeu 7.379. Grande parte dos casos envolvem estelionatos, ameaças e fraudes.

Em conversa com o , o delegado responsável pela Delegacia Especializada de Delitos Contra a Pessoa Idosa, Marcio Moreno, disse que a maioria desses crimes são praticados por pessoas de dentro da casa da vítima, que agem aproveitando da vulnerabilidade em que ela se encontra.

“A maioria esmagadora dos casos são realmente praticados por pessoas próximas aos idosos, do seio familiar. Eles agem aproveitando da vulnerabilidade, praticando sobre essas vítimas o crime de maus tratos e posteriormente os de apropriação de bens, esses sãos os maiores registros policiais dentro da unidade”, explicou.

No início desta semana, uma mulher foi presa em Primavera do Leste após arrastar a mãe de 73 anos pelos cabelos. Ela argumentou que cometeu o crime após a genitora não lhe dar dinheiro. A suspeita não aceita o casamento dos pais, pois quer se apropriar da aposentadoria da mãe.

Em janeiro de 2023, a idosa solicitou uma medida protetiva contra a filha que nem assim se sentiu intimidada em cometer novamente o crime. O delegado atribui esse tipo de ocorrência a falta de amor dos suspeitos para com a vítima, questionados durante interrogatórios esses suspeitos são frios e nem se preocupam em dar justificativas.

“Nos interrogatórios os suspeitos e a maioria nega os fatos. Por isso, eles nem preocupam em dar justificativas, são frios. Percebo, pela experiência, que a maioria desses crimes cometidos são realmente falta de amor e cuidado com os entes queridos”, pontuou.

Crime

Atualizado em outubro de 2023 o estatuto do idoso da Lei Nº 10.741, no artigo 99 diz que expor a perigo, a integridade e a saúde, física ou psíquica, do idoso, submetendo-o a condições desumanas ou degradantes ou privando-o de alimentos e cuidados indispensáveis, quando obrigado a fazê-lo, ou sujeitando-o a trabalho excessivo ou inadequado é crime. A pena é detenção de 2 meses a 1 ano, além de multa.

Para lesão corporal grave é reclusão de um 1 a 4 anos, já caso a vítima morra é de 4 a 12 anos.

Denúncia

Para denunciar casos de violência financeira contra idosos, você pode entrar em contato com o Disque 100, que tem abrangência nacional e encaminha denúncias de violações de direitos humanos relacionadas a pessoas idosas.

Em Cuiabá, tem o Núcleo de Atendimento ao Idoso disponibiliza o número de telefone: (65) 98442-8757, para atendimento 24 horas.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Analfabetismo no Brasil é maior em cidades pequenas, aponta Censo

As informações coletadas pelo Censo 2022, e divulgadas nesta sexta-feira, 17,...

Desembargadora cai em golpe no Whatsapp e perde R$ 45 mil

A desembargadora Maria Helena Póvoas, do Tribunal de Justiça...

CNM diz que agronegócio já perdeu mais de R$ 2 bi com as cheias do RS

As fortes chuvas e inundações que atingiram o Rio...
Feito com muito 💜 por go7.com.br