quinta-feira, 30 maio 2024
- Publicidade -
13.2 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

COMANDO REGIONAL Segurança no campo é reforçada com entrega de nova viatura da Patrulha Rural Georreferenciada

O Comandante do 7º Comando Regional da Polícia Militar, Coronel PM Antônio Nivaldo de Lara Filho, apresentou mais uma viatura da Patrulha Rural Georreferenciada que chega para reforçar a segurança no campo, nas propriedades da região de Tangará da Serra. A cerimônia foi realizada na última sexta-feira, 23, na Fazenda Pscheidt/Alvorada. 

A Patrulha Rural Georreferenciada, implantada há um ano na região, tem como objetivo o enfrentamento e redução de índices de violência no campo. A Polícia Militar realiza o cadastramento das propriedades, onde posteriormente é tirada a posição georreferenciada e fixada uma placa com o número de identificação. O contato feito entre moradores do campo e polícia é por meio de grupos de whatsapp.

Com essa nova Filosofia, a Patrulha Rural do 7º CR atua em todos os oito municípios da região e os resultados são satisfatórios.

“Investimento do Estado de Mato Grosso, juntamente com a Secretaria de Segurança Pública, o nosso comandante geral, o Coronel Mendes [Comandante da Polícia Militar, Alexandre Corrêa Mendes], com a intenção de aumentar a sensação de segurança da mulher e do homem do campo (…) e nós recebemos mais uma viatura para fazer o patrulhamento nos oito municípios do sétimo Comando Regional”,

destaca o Coronel PM Lara.

“Essa viatura vem de encontro para expandir o policiamento, o patrulhamento rural, conseguindo abranger mais propriedades”,

comemora o coordenador do projeto em Tangará, Subtenente PM Ferreira.

São 335 unidades rurais que a Polícia Militar patrulha diuturnamente, através da ronda da Patrulha Rural.

“Trabalhamos com metodologia científica de visitas. Visitamos o distrito, o sítio, a chácara, a fazenda, o estabelecimento rural de forma ordenada. Então, dentro da nossa região temos 335 locais pré-cadastrados”,

reforça o Tenente Coronel PM Mauriti, ao explicar que àqueles que não foram cadastrados e que queiram participar, basta procurar a unidade da Polícia Militar.

“Posteriormente vai ter uma visita pessoal da guarnição para cadastrar através das coordenadas. É um policiamento georreferenciado”.

 

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br