terça-feira, 23 abril 2024
- Publicidade -
29.1 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Bloqueios já resultaram em mais de R$ 5,5 milhões em multas. MT lidera em número de interdições

 

Mais de R$ 5,5 milhões em multas já foram aplicadas contra manifestantes que bloqueiam rodovias por todo o país. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (2) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). Em nota, a pasta disse que os valores das 912 multas variam, conforme o tipo de infração, entre R$ 5 mil e R$ 17 mil.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, é penalizado com infração gravíssima o condutor que utiliza veículos para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via sem autorização de entidade de trânsito. A multa mais cara, de R$ 17 mil, é destinada àqueles identificados como organizadores dos bloqueios.

“Em caso de reincidência, aplica-se em dobro a multa no período de 12 meses. Ainda de acordo com o CTB, as penalidades são aplicáveis a pessoas físicas ou jurídicas que incorram na infração”, informou o Ministério.

Os motoristas podem consultar as infrações na página da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Bloqueios

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, no início da manhã desta quarta-feira 17 Estados ainda apresentavam bloqueios em estradas, apesar de 563 interdições liberadas.

A ação começou após manifestantes bolsonaristas se mostrarem inconformados com a proclamação do resultado das eleições pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com vitória do candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, no domingo (31). Ontem (1), o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, veio a público e condenou os bloqueios nas estradas.

“As manifestações pacíficas sempre serão bem-vindas, mas os nossos métodos não podem ser os da esquerda, que sempre prejudicaram a população, como invasão de propriedade, destruição do patrimônio e direito de ir e vir”, disse Bolsonaro.

 

MT lidera em número de interdições

PRF explica que bloqueios são interrupções totais das vias, enquanto as interdições mantêm o fluxo parcialmente impedido

(Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil)

O último levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgado no fim da manhã de hoje (2), aponta que 631 ações de interdição ou bloqueios em estradas federais foram desfeitas no país. Os manifestantes protestam contra o resultado das eleições para a Presidência da República.

A PRF informou que os bloqueios são interrupções totais das vias, enquanto as interdições mantêm o fluxo parcialmente impedido.

Segundo o balanço, 15 Estados registram ações, sendo que 98 pontos estão interditados e há 52 pontos de bloqueio.

Santa Catarina é o Estado com mais bloqueios (36), seguido pelo Paraná (10) e pelo Rio Grande do Sul (3).

As interdições ocorrem em maior número em Mato Grosso (30), Pará (17), Rondônia  (12) e Paraná (10).

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

MT entrega 30 mil uniformes escolares confeccionados por reeducandos

 O Governo de Mato Grosso vai entregar, nesta quarta-feira...

Decreto de Lula é visto como ameaça real e acirra ânimos entre governo e o Agro

O decreto 11.995/2024, que institui o Programa Terra da Gente...
Feito com muito 💜 por go7.com.br