terça-feira, 16 abril 2024
- Publicidade -
27.5 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Produtores atestam alto rendimento de vacas de programa do Governo de MT: “dão 3 vezes mais leite que as outras”

Os produtores que receberam novilhas com genética leiteira avançada do Programa MT Produtivo, da Secretaria Estadual de Agricultura Familiar (Seaf), já estão tendo o retorno na produção. Eles destacam que os animais da raça girolando meio sangue produzem até três vezes mais leite por dia em relação a outras vacas que eles já tinham.

José Acélio dos Santos Rodrigues, do Sítio Garça Branca, em Terra Nova do Norte (a 630 km de Cuiabá), recebeu duas novilhas, que dão em média 20 litros de leite por dia e tem capacidade de 30 litros por dia, segundo ele. Já as outras vacas que ele tinha dão em média 8 litros por dia, cada.

“O programa foi uma boa oportunidade para os produtores, principalmente para quem não tem chácaras pequenas que não têm onde colocar mais animais. Por exemplo, uma novilha dessas produz por três vacas e é uma boa ajuda para o pequeno produtor”, declarou.Para produtor, é mais lucrativo ter animais com genética leiteira – Foto: Arquivo pessoal

A experiência com as novilhas do MT Produtivo foi tão interessante que o produtor já comprou mais dois animais com a mesma genética.

“Hoje estamos produzindo 250 litros de leite por dia com 22 vacas, mas se as 22 tivessem a produção dessas quatro já estaríamos produzindo 350 litros”, avaliou.
Já foram entregues 294 novilhas pelo Programa MT Produtivo – Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

As novilhas recebidas pelo produtor Pedro Ferri Nogueira, de Sinop, dão em média 28 litros de leite. “Incrementou bastante a nossa produção. As novilhas são no mesmo padrão e as bezerras que nasceram delas também têm a genética muito avançada e dentro de um ano elas devem ficar prenhes também e começarão a produzir”, contou.

Ele possui, atualmente, 12 vacas leiteiras, que, segundo ele, são geneticamente selecionadas. “Quando chegaram essas novilhas (do MT Produtivo), vi que precisava ter menos quantidade e mais qualidade. Com menos, produzimos mais e temos menos custo, aumentando o lucro”, disse.

As novilhas de Sandra de Jesus Ferreira, de Terra Nova do Norte, produzem, em média, 20 litros por dia cada, atualmente, mas, logo depois que pariram, a média era de 25 litros.

“A genética delas é diferenciada, não tem comparação com as outras. Esse projeto é muito bom, porque nós que somos pequenos produtores não conseguimos ir lá e comprar direto uma vaca, por R$ 9 mil, R$ 10 mil, e pagar à vista. Agora, assim com parceria com as associações, é mais fácil”, ressaltou.

Para apoiar os produtores de leite, o Governo do Estado entregou 294 novilhas prenhes desde 2022, quando iniciou o programa.

“O Governo não tem medido esforços para apoiar o avanço da produção familiar em Mato Grosso, sendo que a produção leiteira é um dos principais pilares do Programa MT Produtivo. Além das novilhas, investimos na transferência de embriões, que já renderam 2,2 mil animais geneticamente melhorados”, enfatizou o secretário de Agricultura Familiar do Estado, Luluca Ribeiro.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br