sábado, 13 abril 2024
- Publicidade -
Dengue
25.7 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Menino aprovado na universidade aos 11 anos faz sucesso ao falar inglês

Um vídeo publicado na internet por Luan Gama, garoto de 11 anos que participou do quadro Pequenos Gênios, do Domingão do Huck, viralizou nos últimos dias e rendeu elogios ao menino. A criança obteve na Justiça o direito de cursar Matemática na Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Na gravação, Luan passeia por Ponta Negra, bairro de Manaus, e, falando em inglês, apresenta a decoração de Natal. “Primeiro vlog, mostrando a Ponta Negra e treinando o meu inglês (para quando eu for para Harvard College)”, escreveu na legenda do vídeo, em referência à prestigiada universidade americana. “Esperando as correções da @teacherclareana”, completou, referindo-se à professora de inglês.

Um dos perfis que comentaram foi da plataforma de ensino de idiomas Duolingo: “até emocionei aqui”, escreveu.

Na madrugada desta quinta-feira, 11, Luan respondeu à pergunta de um internauta que queria saber como ele aprendeu inglês. Luan, que aprendeu a ler e escrever em Português aos 3 anos, contou que nessa idade também começou a aprender inglês, vendo vídeos na internet.

Naquela época, contou, ele “passava o dia todo assistindo (a um vídeo no Youtube), eram os números de 1 a 100 em inglês”. Luan também recomendou um jogo na internet que pode ser jogado em inglês, espanhol ou português.

Habilidades

A fluência em inglês é só uma das habilidades de Luan raras em pessoas com a idade dele. O garoto também acumula conhecimentos em Matemática, Raciocínio Lógico, Português e Geografia.

Segundo sua família, o estudante sabe ainda identificar as bandeiras e a localização de todos os países; domina cálculos matemáticos, como raiz quadrada e potências; além de soletrar palavras em diferentes níveis de dificuldade, inclusive de trás para frente.

Com todo esse conhecimento, Luan conseguiu ser aprovado na Universidade do Estado do Amazonas, e sua família recorreu à Justiça para garantir o direito à vaga. Na sentença, o juiz reconhece a superdotação da criança, que no entanto terá de se submeter a provas de aceleração, aplicadas pela Secretaria de Educação do Amazonas.

Caso seja aprovado, ele receberá os diplomas de formação nos ensinos fundamental e médio, necessários para a matrícula na universidade. Caso seja reprovado, seguirá cursando o 6º ano do ensino fundamental em um colégio particular, que lhe concedeu uma bolsa de estudos.

O reitor da UEA, André Zogahib, diz que a instituição está preparada para receber Luan. Segundo o dirigente, partiu da própria universidade a orientação para que a família buscasse assegurar a vaga pela Justiça.
Esse salto de etapas é previsto pela lei para casos de superdotação e altas habilidades, mas especialistas ponderam sobre os riscos de um salto tão abrupto e os desafios de adaptação.

(Com Agência Estado)

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Governadores de oposição têm melhor avaliação que Lula em seus Estados

Tarcísio de Freitas (Republicanos), Romeu Zema (Novo), Ratinho Júnior...

Jogos hoje (13/04) ao vivo de futebol: onde assistir e horário

Confira onde assistir ao vivo aos jogos de futebol...

Dupla de adolescentes é apreendida após invadir casa e ameaçar família com arma de fogo

Dois adolescentes foram apreendidos pela Força Tática, na noite...

DERF prende suspeito e recupera moto roubada em Tangará da Serra

A Polícia Judiciária Civil, por meio da DERF (Delegacia...
Feito com muito 💜 por go7.com.br