quinta-feira, 22 fevereiro 2024
- Publicidade -
Banner Topo
28.6 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Juiz manda leiloar fazenda de deputado de MT avaliada em R$ 55 milhões

O juiz Luiz Octávio Oliveira Saboia Ribeiro, da Terceira Vara Cível de Cuiabá, determinou na última segunda-feira o leilão de uma fazenda do deputado federal Carlos Bezerra (MDB) e sua esposa, Teté Bezerra. O procedimento foi autorizado pelo magistrado para pagar uma dívida do parlamentar com o engenheiro Pedro Luiz Araújo Filho, originária de um empréstimo feto pelo casal para custear a campanha eleitoral de 2010.

O local, inclusive, foi utilizado por Carlos Alberto Gomes Bezerra, filho do deputado, para se esconder após matar a ex-namorada e o atual dela, na última semana. Na ocasião em que a dívida foi contraída, os dois tomaram um empréstimo junto ao engenheiro de R$ 7 milhões, investimento que acabou elegendo ambos, sendo Bezerra para a Câmara dos Deputados e Teté para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Como o montante não foi quitado pelos parlamentares, na ocasião, Pedro Luiz Araújo Filho acionou a Justiça, em 2014, cobrando a dívida. Por conta disso, foi determinada a penhora da Fazenda São Carlos, localizada em Campo Verde, que tem uma área de aproximadamente 2 mil hectares.

Segundo a avaliação feita por um perito judicial, o imóvel está avaliado atualmente em R$ 55.157.644,31 milhões. O montante a ser arrecadado pelo leilão será utilizado para pagar a dívida atualizada, que segundo a ação é de R$ 25.102.470,75.

Na ação, Bezerra, que não conseguiu a reeleição no ano passado, e Teté, que é secretária de Agricultura Familitar do Estado atualmente, tentaram oferecer diversos imóveis para pagamento da dívida, mas, em um deles, ambos sequer apareciam como sócios dos mesmas, como foi o caso da BRDU SPE, em Várzea Grande. O parlamentar e sua esposa tentaram ainda pagar o empréstimo através de 14 lotes no condomínio Florais de Chapada.

Mass as áreas são de propriedade de empresa da qual eles também não aparecem no quadro societário. “O exequente pugnou pelo praceamento do bem penhorado, consistente na Fazenda São Carlos, objeto das matrículas nº 13937, 13938, 13936, 13939,13940 e 13941, todas do Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Campo Verde-MT, avaliada em R$ 55.157.644,31. Através da presente decisão a avaliação do imóvel restou homologada, não havendo necessidade de atualização desta, assim restou homologado o valor do débito exequendo, considerando a data do cálculo (16.08.2022), ao que inexistindo pedido de adjudicação ou pedido de alienação particular, defiro o praceamento do imóvel penhorado, mediante hasta pública, ao que determino que antes da remessa à Central de praça e leilões da Comarca”, diz a decisão.

PALCO DE PRISÃO

Foi justamente na Fazenda São Carlos, em Campo Verde, que foi preso o filho do parlamentar, Carlos Alberto Gomes Bezerra, autor de um duplo homicídio no final da tarde da última quarta-feira (18), em Cuiabá. Ele matou a tiros a ex-namorada, Thays Machado, de 44 anos, e o atual companheiro da mulher, Willian César Moreno, de 30 anos. Após o crime, ele fugiu para a propriedade, que agora será leiloada.

Ele foi localizado após a polícia rastrear seu aparelho de telefone. Na fazenda, foi localizado o veículo usado pelo suspeito para cometer os homicídios. Também foram apreendidas uma pistola, carregadores, celulares e um canivete tático.

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Desmatamento na Amazônia cai 60% em janeiro de 2024

O desmatamento na floresta amazônica caiu 60% em janeiro deste ano, chegando ao...

Bandido que agrediu vítima ao roubar bicicleta é preso pela PJC de Tangará

A Polícia Judiciária Civil por meio da Delegacia Especializada...

Concursos públicos municipais pagam até R$ 18 mil em MT

Concursos públicos e seletivos com inscrições abertas em Mato...
Feito com muito 💜 por go7.com.br