domingo, 26 maio 2024
- Publicidade -
25.4 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Especialista responde: saiba os mitos e verdades sobre a água com gás

A bebida querida e odiada por muitos não afeta os dentes, como muitos dizem Especialista responde: saiba os mitos e verdades sobre a água com gás

É um senso comum que a água com gás é uma opção entre aqueles que preferem não consumir bebidas alcoólicas ou refrigerantes, já que o sabor mais amargo e o gás quebram um pouco a monotonia da água. Mas afinal, por conter gás carbônico, assim como os refrigerantes, a água com gás faz mal?

Com essa pergunta surgem diversos mitos, como uma suposta presença a mais de sódio, o que poderia fazer mal aos rins, até mesmo um potencial para estragar os dentes. Mas será que alguma dessas afirmações é verdade? A seguir desvendamos os principais mitos e verdades em torno da bebida querida e odiada por muitos.

O que é a água com gás?

Em primeiro lugar, vale salientar que essa bebida nada mais é do que água com gás carbônico e traz duas variações: as naturais e as industrializadas. “As águas naturalmente gaseificadas geralmente são encontradas em regiões com fontes termais. Um dos motivos para isso é que as rochas desses locais se decompõem devido ao calor que vem do centro do planeta e se combinam com a água dos lençóis freáticos”, explica João Guilherme Rocha Poço, professor de engenharia química da FEI.

As artificiais dependem de um processo que irá adicionar gás carbônico ao líquido. Isso é feito injetando gás pressurizado na água, sem qualquer processo adicional. Tanto que existem máquinas portáteis capazes de fazer esse procedimento de forma rápida e simples em casa. Uma das preocupações sobre a água com gás é uma suposta presença adicional de sódio.

Substância em excesso causa problemas

Devido a essa substância, se consumida em excesso, pode causar problemas de saúde. Muito sódio no organismo pode causar problemas no sistema urinário, como a formação de pedras nos rins, e também favorece o aparecimento de problemas cardiovasculares, como a hipertensão.

Água com gás nada mais é do que água com gás carbônico, como citado anteriormente. De forma geral, ela tem as mesmas características da água convencional e o fato de ter gás não faz ela ter mais sódio ou prejudicar os dentes. No entanto, esse tipo de bebida não tem, necessariamente, mais sódio do que a água comum.

Não há adição de sódio ou sais nesse processo de gaseificação. Entretanto, mesmo nas águas normais, podemos identificar variações na concentração de sódio entre diferentes marcas. Isso se deve às diferenças nas fontes e nos solos de sua origem. Essas diferenças são mínimas e não há impacto na saúde.

A bebida é prejudicial aos dentes?

A bebida querida e odiada por muitos também não afeta os dentes. “Hoje sabemos que o seu consumo não afeta a saúde dos dentes ou qualquer outro órgão. Entretanto, as sodas e refrigerantes gaseificados podem ser prejudiciais [por causa do açúcar]”, complementa o especialista.

O consumo da bebida, porém, requer atenção de pessoas com problemas gástricos, já que o processo de gaseificação da água gera ácido carbônico. Mesmo se tratando de um ácido fraco, ele promove uma leve alteração no pH da água, que fica mais ácida e pode causar desconforto se consumida em grande quantidade por pessoas com esse tipo de quadro.

“Caso haja flatulência e empachamento gástrico, é melhor evitar o seu consumo”, diz Antônio Guilherme Monteiro, gastroenterologista no Hospital Dia Campo Limpo, gerenciado pelo Cejam (Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim”) em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo.

Monteiro também reforça uma orientação que vale para todo tipo de líquido: a de não beber durante as refeições. “Não devemos tomar líquido quando comemos, menos ainda com gás, pois aumenta o volume e causa plenitude gástrica”. Fora isso, a água com gás pode ser consumida livremente e traz todos os benefícios de sua versão sem gás.

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Jogos hoje (26/05/24) ao vivo de futebol: onde assistir e horário

Confira onde assistir ao vivo aos jogos de futebol...

MPF investiga irregularidade na exploração de diamantes em MT por empresa de ucranianos

O procurador da República Guilherme Fernandes Ferreira Tavares instaurou...

Desastres afetam 6,1 milhões de pessoas em 10 anos no Estado

Mais de 6,1 milhões de mato-grossense já foram afetados...
Feito com muito 💜 por go7.com.br