quinta-feira, 18 abril 2024
- Publicidade -
26.8 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Descubra quais são os gibis mais raros da Marvel e da DC

 
 

Veja bem, a disputa para decidir quem, entre Marvel e DC, é melhor é infrutífera. A razão é que a escolha é sempre de caráter individual, tornando a isonomia algo dificílimo. Agora, quando o assunto é quais os gibis mais raros da história, as duas gigantes dos quadrinhos disputam palmo a palmo – mas com direito a um vencedor.

A DC chegou ao mercado com seus gibis 5 anos antes da Marvel, e isso pode ter um peso especial na raridade de alguns exemplares. Afinal, quanto mais antiga uma produtora de quadrinhos, mais títulos antigos ela possui em sua história e, consequentemente, eles se tornam raros e difíceis de serem adquiridos.

Curioso para saber quais são eles? Será que é do Batman? Do Homem-Aranha? Ou seriam as produções de Neil Gaiman para a DC Comics? Sem mais delongas, vamos à lista!

Os gibis mais raros da Marvel

Mesmo não sendo a percursora do universo dos super-heróis, a Marvel construiu um grande império nesse ramo. Afinal, seus quadrinhos fizeram tanto sucesso que o MCU (Universo Cinematográfico Marvel) lucra milhões a cada filme lançado. Assim, confira agora os gibis mais raros da companhia:

5. Tales of Suspense #39 (1963) – US$ 350 mil

Gibis raros Marvel e DCTeles of Suspense

Tales of Suspense foi uma antologia de gibis e dois quadrinhos one-shot – aqueles publicados aleatoriamente, sem pertencerem a uma série – publicados pela Marvel entre 1959 e 1968.

O enredo era bem diferente do que os fãs estão acostumados, tratando-se de uma ficção científica mais tradicional, mas ficou famosa por ser a vitrine de ilustradores como Jack Kirby, Steve Ditko e Don Heck, que fariam sucesso no universo de HQs.

Tales of Suspense #39, de março de 1963, foi responsável por apresentar o Homem de Ferro pela primeira vez. Nesse número, Tony Stark é sequestrado por insurgentes e, no cativeiro, cria uma armadura para escapar.

  • Seu valor estimado é de US$ 375 mil.

4. Marvel Mystery Comics 128 Pages Special Variant (1942) – US$ 482 milGibis raros Marvel e DCMarvel Mystery Comics 128 Pages Special Variant

Antes da Marvel se chamar assim, seus gibis eram publicados sob o nome de Timely Comics. É dessa época o Marvel Mystery Comics, primeira HQ da empresa.

Era uma série antológica responsável por apresentar os primeiros super-heróis da editora, como o Tocha Humana e Namor. Essa ediçã,  em específico, de Marvel Mystery Comics, com 128 páginas, foi lançada em 1942 e era daquelas com capas alternativas.

Ela foi distribuída apenas em Nova York e, segundo pesquisadores, só existem 5 cópias conhecidas. Se você, por acaso, for dono de uma, saiba que tem uma pequena fortuna te esperando.

  • Seu valor estimado é de US$ 482 mil.

3. X-Men #1 (1963) – US$ 492 mil

Gibis raros Marvel e DCX-Men #1

Criada por Stan Lee e Jack Kirby, The X-Men #1 foi publicada em setembro de 1963. Esse primeiro gibi foi responsável não apenas por apresentar os mutantes, mas por fazer uma defesa impressionante de Martin Luther King em suas páginas.

Nela, o Professor Xavier faz um discurso sobre direitos civis, defendendo a possibilidade de uma coexistência pacífica entre as espécies. Algo bastante progressista para a época.

  • Seu valor estimado é de US$ 492 mil.

2. Marvel Comics #1 (1939) US$ 567 mil

Gibis raros Marvel e DCMarvel Comics #1

Quando a Timely Comics foi lançada, Martin Goodman notou que a DC já fazia muito sucesso com o Super-Homem e Batman, razão pela qual decidiu criar seus próprios super-heróis. Assim surgiu o Tocha Humana, publicado na Marvel Comics # 1, considerada pelos fãs como o primeiro quadrinho da história da editora.

À época, quase 1 milhão de cópias do gibi foram vendidas, o que fez a Marvel investir mais no gênero. Da segunda edição em diante, o nome passou a ser Marvel Mystery Comics. Apesar de tantas unidades impressas, encontrá-la, hoje, é raridade.

  • Seu valor estimado é de US$ 567 mil.

1. Amazing Fantasy #15 (1962) – US$ 1,1 milhão

Gibis raros Marvel e DCAmazing Fantasy #15

Amazing Fantasy foi uma série antológica de gibis publicada pela Marvel originalmente entre 1961 e 1962, e posteriormente reeditada entre 1995 e 2000.

Inicialmente chamada de Amazing Adult Fantasy, a HQ apresentava desenhos de Jack Kirby, Don Heck e Steve Ditko para contos rápidos. A Amazing Fantasy # 15 é famosa por ter apresentado o Homem-Aranha pela primeira vez.

Curiosamente, apesar do personagem ter se tornado um sucesso, esse número foi o último a ser publicado – ao menos até a Marvel decidir retornar com a publicação por um novo curto período.

  • Seu valor estimado é de US$ 1,1 milhão.

Os gibis mais raros da DC

Outra grande corporação na área editorial de quadrinhos e adaptações para o cinema é a DC. Assim como sua concorrente direta citada acima, ela é responsável por fortalecer a cultura pop ao redor de todo o mundo. Confira os gibis mais raros lançado por ela:

3. All-Star Comics #8 (1941) – US$ 936 mil

Gibis raros Marvel e DCAll-Star Comics #8

All-Star Comics era uma revista em quadrinhos que apresentou a Sociedade da Justiça da América, a precursora da Liga da Justiça.

Além de terem inventado a primeira equipe de super-heróis, a publicação também introduziu a Mulher-Maravilha, justamente na All-Star Comics #8. Estava ali formado a “santíssima trindade” da DC Comics: Super-Homem, Batman e Mulher-Maravilha.

Nesse gibi, a Sociedade da Justiça enfrenta um médico louco que criou um soro da insanidade, que fazia as pessoas acreditarem ser animais, entre outras coisas.

  • Seu valor estimado é de US$ 936 mil.

2. Detective Comics #27 (1939) – US$ 2,49 milhões

Gibis raros Marvel e DCDetective Comics #27

Uma das séries de gibis mais longevas da história, Detective Comics foi publicada, originalmente, entre 1937 e 2011. A primeira aparição de Batman aconteceu em suas páginas, mais precisamente na Detective Comics #27.

No gibi, um homem é esfaqueado até a morte, e as impressões digitais de seu filho são encontradas na faca. O Comissário Gordon é encarregado de investigar e, acompanhado de Bruce Wayne, vai até a cena do crime.

Coube a uma figura mascarada, apelidada de “Homem-Morcego”, a missão de derrotar os verdadeiros criminosos. O resto é história.

  • Seu valor estimado é de US$ 2,49 milhões.

1. Action Comics #1 (1938) – US$ 4,53 milhões

Gibis raros Marvel e DCAction Comics #1

A revista mais rara e mais cara do mundo é a Action Comics #1, considerada o início do gênero de gibis de super-herói. Os leitores foram apresentados ao Super-Homem, o filho de Krypton.

Conta a história que Jerry Siegel tirou a ideia de um conto que havia escrito, chamado “The Reign of the Superman”. Então, convidou seu amigo Joe Shuster para ilustrá-lo, para tentar vendê-lo aos jornais.

A história foi rejeitada, até que a DC em busca de uma nova HQ, descobriu as tirinhas do Super-Homem. Siegel e Shuster as refizeram e, bem, esses desenhos viraram a Action Comics #1, cujo valor é estimado, hoje, em US$ 4,53 milhões.

 

Imagem de: Descubra quais são os gibis mais raros da Marvel e da DC

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Apostas online só poderão ser pagas por PIX, transferência ou débito

Regulamentação do Ministério da Fazenda publicada nesta quinta-feira (18),...
Feito com muito 💜 por go7.com.br