terça-feira, 16 abril 2024
- Publicidade -
Dengue
27.5 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

30 curiosidades sobre o Natal

As 30 curiosidades sobre o Natal aqui apresentadas são apenas algumas das diversas curiosidades dessa celebração, que possui grande importância para o calendário cristão.

As 30 curiosidades sobre o Natal aqui apresentadas são apenas algumas das diversas curiosidades que essa celebração possui. O Natal é uma importante celebração do calendário cristão. A festa celebra originalmente o nascimento de Jesus Cristo, o que, na tradição, se consolidou no dia 25 de dezembro, embora os historiadores afirmem que Jesus não tenha nascido nesse dia. Muitas tradições estão relacionadas a essa festividade, tanto religiosas quanto seculares.

Entre essas tradições estão os itens da ceia, a montagem da Árvore de Natal, os presentes, o Presépio etc. Além disso, o Natal é uma celebração rica em história e pode nos render inúmeras informações e comentários.

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o Natal

  • O Natal é uma celebração tradicional do cristianismo.
  • É celebrado no dia 25 de dezembro, que se consolidou na tradição como a data de nascimento de Jesus.
  • O Natal é marcado por tradições, como a montagem da Árvore de Natal e do Presépio.
  • No campo religioso, temos a tradição da Missa do Galo e a Coroa do Advento.
  • A história nos brinda com uma série de curiosidades sobre o Natal, como o fato de que Jesus não nasceu no dia 25 de dezembro, nem no ano 1 d.C.

Quais são as maiores curiosidades sobre o Natal?

  • 1. Jesus Cristo não nasceu em 1 d.C.

O nosso calendário leva em consideração o nascimento de Jesus Cristo, mas, na verdade, os historiadores sabem que Jesus não nasceu em 1 d.C., e sim entre os anos de 6 a.C. e 4 a.C. Isso porque o Evangelho de Mateus menciona o reinado de Herodes na Judeia, e sabemos que Herodes faleceu em 4 a.C. Essa diferença também tem relação com um erro cometido na contagem dos anos do calendário gregoriano.

  • 2. Jesus Cristo não nasceu no dia 25 de dezembro

Atualmente, os historiadores não sabem o dia exato do nascimento de Jesus, mas sabemos que Ele não nasceu em 25 de dezembro. Na Antiguidade, várias datas eram cogitadas como do nascimento de Jesus, e a escolha do dia 25 de dezembro foi uma reação da Igreja Católica contra festividades pagãs que ocorriam na época. Para saber mais sobre por que comemoramos o Natal no dia 25 de dezembro, clique aqui.

  • 3. A primeira menção ao Natal data do século IV.

A primeira menção ao Natal sendo celebrado no dia 25 de dezembro foi encontrada em um documento chamado Cronógrafo de 354. Trata-se de um calendário escrito por Fúrio Dionísio Filócalo.

  • 4. Os Reis Magos não eram reis.

Na narrativa bíblica, o recém-nascido Jesus Cristo foi visitado por Três Magos que vieram prestar culto e entregar-lhe presentes. O texto bíblico, no entanto, não menciona que os homens eram reis, apenas magos. Os historiadores sabem que eles passaram a ser chamados de reis durante a Idade Média e consideram que eles eram apenas sábios, possivelmente astrônomos. Para saber mais sobre os Reis Magos, clique aqui.

  • 5. O Presépio foi fundado por São Francisco de Assis.

Presépio, símbolo de Natal criado por São Francisco de Assis no século XIII, curiosidade sobre o Natal.
O Presépio é um dos símbolos mais tradicionais do Natal.

O Presépio é um dos principais itens de decoração de Natal, simulando a cena do nascimento de Jesus. O hábito de montar presépios foi iniciado por São Francisco de Assis, um frade que usou o Presépio como forma de ensinar o cristianismo na Itália do século XIII. Para saber mais sobre o Presépio, clique aqui.

  • 6. A Árvore de Natal é considerada um símbolo pagão que foi apropriado pelos cristãos no Natal.

Muitos historiadores apontam que a Árvore de Natal da celebração cristã é derivada da Julgran, árvore decorativa que os nórdicos usavam durante o Yól, festival religioso também conhecido como Yule e que acontecia na época do solstício de inverno, mesmo período em que o Natal é celebrado.

  • 7. A Árvore de Natal moderna surgiu na Europa do século XV.

Família decorando uma Árvore de Natal, prática que surgiu na Europa do século XV, curiosidade sobre o Natal.
A prática de montar e decorar a Árvore de Natal surgiu na Europa e se espalhou pelo mundo.

A Árvore de Natal, enquanto item decorativo do período natalino, surgiu na Europa no século XV. Entretanto, não se sabe o local exato onde a primeira Árvore de Natal foi montada, pois diversas cidades europeias reivindicam esse título. Entre elas, estão Riga, Talinn, Bremen e Freiburg. Para saber mais detalhes sobre a Árvore de Natal, clique aqui.

  • 8. Papai Noel remete a um santo católico dos séculos III e IV

Os historiadores sabem que a figura moderna do Papai Noel é derivada de um santo católico dos séculos III e IV: São Nicolau. Esse santo viveu na Ásia Menor (atual Turquia), sendo conhecido por possuir uma grande riqueza, utilizando-a para distribuir presentes entre os mais pobres.

  • 9. A imagem do Papai Noel atual foi criada pela Coca-Cola

Caminhão de Natal da Coca-Cola, com a imagem do Papai Noel criada por eles, uma curiosidade sobre o Natal.
A Coca-Cola é a empresa que criou a imagem atual que temos do Papai Noel.[1]

A imagem que temos do Papai Noel como um velhinho barbudo de roupa vermelha surgiu por meio de campanhas publicitárias da Coca-Cola durante as décadas de 1920 e 1930. Para saber mais sobre a história do Papai Noel, clique aqui.

  • 10. Criação da Missa do Galo

A Missa do Galo é uma tradicional missa celebrada à meia-noite na véspera de Natal, e sua criação é apontada como obra de Sisto III, papa de 432 a 440. Existem historiadores, no entanto, que sugerem que essa missa foi criada por São Telésforo, em 143 d.C. Para saber mais sobre a Missa do Galo, clique aqui.

  • 11. A Estrela de Belém pode ter existido mesmo

Os pesquisadores procuram explicar o fenômeno da Estrela de Belém mencionada na Bíblia. Atualmente, acredita-se que tratou de um fenômeno astronômico observado no período do nascimento de Jesus. Acredita-se que a Estrela de Belém foi um fenômeno chamado conjunção, em que planetas, estrelas e a Lua se alinham com a Terra e o Sol, causando um efeito luminoso. Para saber mais sobre a Estrela de Belém, clique aqui.

  • 12. A Coroa do Advento é uma criação luterana

Coroa do Advento, uma ressignificação da guirlanda feita pelos cristãos, uma curiosidade sobre o Natal.
A Coroa do Advento possui grande importância para os cristãos.

A Coroa do Advento é um item decorativo relacionado com o Natal e sua criação está relacionada com os luteranos. Consiste em uma guirlanda que possui quatro velas, cada qual de uma cor que representa uma das quatro semanas da antecipação do nascimento de Jesus. São acesas uma vela por semana, e esse item foi criado por Johann Hinrich Wichern, luterano do século XIX.

  • 13. Festivais pagãos ocorrem na data do Natal

Muitos historiadores sugerem que a celebração do Natal no dia 25 de dezembro foi uma escolha da Igreja Católica para cristianizar algumas datas de celebrações pagãs. No caso do dia 25 de dezembro, a data estava em um período que se celebrava o Yule, no norte da Europa, e a Saturnália, além de ser o aniversário do Sol Invencível, na Roma Antiga.

  • 14. As bolas de Natal são uma invenção alemã

Variadas bolas de Natal, criadas pela primeira vez pelos alemães, uma curiosidade sobre o Natal.
Atualmente, há uma enorme variedade de bolas de Natal.

As bolas de Natal, item decorativo presente nas Árvores de Natal, foram criadas na Alemanha, em 1847, por um soprador de vidro da cidade de Lauscha. As primeiras bolas de Natal eram de vidro.

  • 15. O Papai Noel foi trazido à América por imigrantes holandeses

Sinterklaas em rua pública, figura holandesa que inspirou a noção de Papai Noel, uma curiosidade sobre o Natal.
Os holandeses (ou neerlandeses) ainda celebram o Sinterklaas.[2]

O Papai Noel se tornou em uma figura natalina inspirada em São Nicolau. Essa figura foi trazida ao continente americano por imigrantes holandeses que se mudaram para a colônia de Nova Amsterdã (atual cidade de Nova York), na América do Norte. Para os holandeses, essa figura corresponde ao Sinterklaas.

  • 16. A celebração do primeiro Natal ocorreu em 336

O primeiro Natal de que se tem conhecimento foi celebrado em Roma, no dia 25 de dezembro de 336. A celebração marcou o início de um processo de consolidação do Natal como festa, havendo depois sua oficialização e, por fim, sua adoção em diversas partes da cristandade.

  • 17. A oficialização Natal ocorreu em 350

Os historiadores não sabem com precisão quando o Natal passou a ser oficialmente comemorado pelos cristãos, mas aponta-se que sua oficialização enquanto celebração cristã se deu em 350, durante o pontificado de Júlio I.

  • 18. O Natal medieval durava 12 dias

Na Idade Média, o Natal era o feriado mais prolongado na Europa. A celebração envolvia ricos e pobres e durava o total de 12 dias, estendendo-se da véspera, no dia 24 dezembro, até o dia 6 de janeiro, Dia da Epifania do Senhor. Foi um período marcado por banquetes, festividades, jogos e muitas missas.

  • 19. Os 12 dias do Natal medieval têm origem nórdica

Os 12 dias de que eram celebrados na Europa medieval eram uma herança nórdica. Os 12 dias são atribuídos a uma jornada realizada por Odin, um dos principais deuses nórdicos, que teve duração de 12 dias no período do solstício de inverno.

  • 20. A origem dos presentes de Natal está ligada aos Reis Magos

Os pesquisadores apontam que o ato de presentear as pessoas próximas e queridas durante o Natal tem como referência uma passagem bíblica. Essa tradição se consolidou em referência ao ato dos Reis Magos, que presentearam Jesus com ouro, incenso e mirra, quando encontraram o recém-nascido em Belém. Para saber mais sobre a origem dos presentes de Natal, clique aqui.

  • 21. Árvore de Natal na Era Vitoriana

O costume de usar a Árvore de Natal como item decorativo no período natalino era uma prática muito consolidada entre os países escandinavos, germânicos e bálticos. Esse item se popularizou em toda a Europa, e posteriormente no mundo, por conta da rainha inglesa Vitória. Rainha Vitória introduziu o item em sua residência na Inglaterra em 1834.

  • 22. O Natal interrompeu temporariamente a Primeira Guerra Mundial

Durante a Primeira Guerra Mundial, ocorrida entre 1914 e 1918, o Natal chegou a interromper temporariamente as hostilidades entre Entente e Potências Centrais. Durante a data, foi registrado o cessar-fogo em algumas trincheiras, com troca de presentes e com saudações entre soldados de diferentes lados do conflito. Para saber mais sobre a Trégua de Natal, clique aqui.

  • 23. Montagem da Árvore de Natal

O costume de montar a Árvore de Natal é uma das tradições mais populares do Natal, e sua montagem deve acontecer, segundo a Igreja Católica, no primeiro domingo do Advento, o tempo litúrgico para o nascimento de Jesus.

  • 24. Encerramento do período natalino

Na tradição cristã, o período natalino se encerra em 6 de janeiro, conhecido como Dia da Epifania do Senhor e como Dia de Reis. É nesse dia que a Árvore de Natal e o Presépio são desmontados.

  • 25. Maior Árvore de Natal

A maior Árvore de Natal fica na Itália e tem mais de 750 metros de altura, uma curiosidade sobre o Natal.
A maior Árvore de Natal do mundo tem mais de 750 metros de altura e pode ser vista a uma distância de 50 quilômetros.

A maior Árvore de Natal do mundo foi construída na Itália, em 1991. Está localizada na encosta de uma montanha em Gubbio, possuindo mais de 750 metros de altura e sendo vista a uma distância de 50 quilômetros. Está, desde 1991, no Livro dos Recordes como a maior Árvore de Natal do mundo.

  • 26. Encontro de Papais Noéis

Segundo o Livro dos Recordes, o maior encontro de Papais Noéis da história foi realizado em 27 de dezembro de 2014, em Thrissur, na Índia. Na ocasião, 18.112 Papais Noéis se reuniram na cidade indiana.

  • 27. Renas do Papai Noel

Papai Noel e suas renas, popularizados por um poema de Clement Clarke Moore, uma curiosidade sobre o Natal.
O Papai Noel e suas renas foram popularizados pelo poema “A Visit from Saint Nicholas”, de Clement Clarke Moore.

A popularização das renas do Papai Noel e do próprio Papai Noel tem relação com um poema de 1823 de Clement Clarke Moore. Esse poema, chamado A Visit from Saint Nicholas, é conhecido por popularizar a imagem moderna do Papai Noel. Nele, as renas do Papai Noel se chamavam Dasher, Dancer, Prancer, Vixen, Comet, Cupid, Dunder e Blixem.

  • 28. Tender de Natal

Tender de Natal, alimento de origem nórdica e servido pelos escandinavos durante o Yule, uma curiosidade sobre o Natal.
O tender de Natal é um prato popular no período natalino.

O tender de natal, conhecido nos países anglófonos como Christmas ham, é um prato popular no Natal, principalmente na Europa e nos Estados Unidos. Esse prato tem origem nórdica e é servido pelos escandinavos durante o Yule, o festival de solstício de inverno.

  • 29. Árvore de Natal nos Estados Unidos

A primeira Árvore de Natal a enfeitar a Casa Branca, residência oficial dos presidentes norte-americanos, foi inaugurada em 1889, durante a presidência de Benjamin Harrison.

  • 30. Peru na ceia de Natal na Inglaterra

Peru recheado, um dos alimentos mais tradicionais da ceia de Natal, uma curiosidade do Natal.
O peru recheado é um dos alimentos mais tradicionais da ceia de Natal.

O peru, ave típica do continente americano, tornou-se refeição popular no Natal inglês a partir do século XVI, quando a ave foi introduzida no país. Inicialmente, ter a ave como refeição no Natal era um sinal de status e riqueza para os ingleses do período.

Créditos de imagem

[1] Christian1DK / Shutterstock

[2] Kiev.Victor / Shutterstock

Fontes

CARTWRIGHT, Mark. O Natal através das gerações. Disponível em: https://www.worldhistory.org/trans/pt/2-1893/o-natal-atraves-das-geracoes/.

DOMINGUES, Joelza Ester. A primeira celebração de Natal da história. Disponível em: https://ensinarhistoria.com.br/linha-do-tempo/primeira-celebracao-de-natal/.

DEUTSCHE WELLE. A história das bolas da árvore de Natal. Disponível em: https://www.dw.com/pt-br/as-hist%C3%B3ria-das-bolas-da-%C3%A1rvore-de-natal/video-41817820.

GORVETT, Zaria. How the turkey conquered Christmas. Disponível em: https://www.bbc.com/future/article/20211214-how-the-humble-turkey-became-a-christmas-staple.

MACQUIRE, Kelly. The norse origins of Christmas traditions. Disponível em: https://www.worldhistory.org/video/2695/the-norse-origins-of-christmas-traditions/.

MCNAMARA, Robert. The history of Christmas traditions. Disponível em: https://www.thoughtco.com/the-history-of-christmas-traditions-1773799.

ROSAS, Paula. Em que data Jesus nasceu de acordo com os evangelhos e como surgiu a convenção de 25 de dezembro? Disponível em: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2022/12/25/em-que-data-jesus-nasceu-de-acordo-com-os-evangelhos-e-como-surgiu-a-convencao-de-25-de-dezembro.ghtml.

UMBELINO, João Vitor. Maior árvore de Natal do mundo fica na Itália, mede 750 metros e pode ser vista a 50 km de distância. Disponível em: https://www.opovo.com.br/noticias/curiosidades/2022/12/23/maior-arvore-de-natal-do-mundo-fica-na-italia-mede-750-metros-e-pode-ser-vista-a-50-km-de-distancia.html.

WIGINGTON, Patti. The origins of Santa Claus. Disponível em: https://www.learnreligions.com/the-origins-of-santa-claus-2562993.

Escritor do artigo

Escrito por : Daniel Neves SilvaFormado em História pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e especialista em História e Narrativas Audiovisuais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atua como professor de História desde 2010.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. “30 curiosidades sobre o Natal”; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/natal/curiosidades-natal.htm. Acesso em 13 de dezembro de 2023.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br