quinta-feira, 22 fevereiro 2024
- Publicidade -
Banner Topo
25.4 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Vítimas de violência doméstica vão receber atendimento psicológico

 

O atendimento prestado pela Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar de Primavera do Leste ganhou reforço com a disponibilização de estagiários do curso de Psicologia para auxílio às vítimas e agressores. O atendimento será acompanhado por profissionais da área.

A parceria foi viabilizada por meio de um Termo de Cooperação Técnica celebrado entre o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por intermédio da 3ª Promotoria de Justiça Criminal de Primavera do Leste, Poder Judiciário e Universidade de Cuiabá (UNIC). O atendimento às mulheres em situação de violência doméstica ocorrerá de forma individualizada. Já os agressores passarão por entrevista preliminar e depois serão encaminhados para participação em grupos reflexivos.

De acordo com o Termo de Cooperação Técnica, os encaminhamentos dos autores da violência para inserção nos grupos reflexivos se darão por meio de determinação judicial. A equipe técnica da universidade terá autonomia na escolha da metodologia a ser utilizada. Os temas trabalhados no grupo serão previamente planejados pela equipe, visando principalmente o rompimento do ciclo da violência doméstica.

  • Formalização:

A atuação da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Primavera do Leste foi formalizada em dezembro do ano passado. O termo estabeleceu a cooperação mútua entre os órgãos envolvidos e definiu o desenvolvimento de estratégias efetivas de prevenção e implementação de políticas públicas e de enfrentamento à violência doméstica contra a mulher, para garantir a aplicação dos direitos e a assistência humanizada e qualificada às mulheres em situação de violência e para garantir a efetiva responsabilização dos autores dos fatos criminosos.

A expansão da rede é um projeto estratégico da área criminal no MPMT, prevista no Planejamento Estratégico Institucional (PEI) para o quadriênio 2020-2023. A meta é assegurar o funcionamento da rede em pelo menos 10 municípios.

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Desmatamento na Amazônia cai 60% em janeiro de 2024

O desmatamento na floresta amazônica caiu 60% em janeiro deste ano, chegando ao...

Bandido que agrediu vítima ao roubar bicicleta é preso pela PJC de Tangará

A Polícia Judiciária Civil por meio da Delegacia Especializada...

Concursos públicos municipais pagam até R$ 18 mil em MT

Concursos públicos e seletivos com inscrições abertas em Mato...
Feito com muito 💜 por go7.com.br