quinta-feira, 18 abril 2024
- Publicidade -
26.8 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Quatro mulheres sofrem violência em 24h em MT

As denúncias de violência à mulher podem ser feitas pelo telefone 180

Em menos de 24h, quatro mulheres foram agredidas em Mato Grosso, entre esse sábado (30) e domingo (31). Consta nas denúncias que as vítimas sofreram violências físicas e psicológicas. Três suspeitos foram detidos e um fugiu.

No sábado (15), vizinhos de uma mulher, chamaram a polícia depois que a vítima pediu socorro, em Cuiabá. O suspeito e a vítima ingeriram bebida alcoólica e tiveram um desentendimento, o que levou o suspeito a dar um soco na boca da vítima e um tapa em uma das orelhas, além de danificar o celular dela.

Às equipes, a vítima disse que o relacionamento já estava bastante desgastado, mas que devido ao nascimento da filha, tentava aguentar o casamento e que tentou terminar algumas vezes, mas o suspeito sempre ameaçava de levar a filha para a Venezuela, e que ira matá-la caso o denunciasse à polícia. O suspeito foi preso.

Na madrugada de domingo (31), um homem de 41 anos foi preso por violência doméstica e lesão corporal, também na capital. Após uma discussão, o suspeito teria jogado a vítima no chão e batido a cabeça dela contra o chão.

Uma das testemunhas afirmou aos policiais que passava pela avenida quando se deparou com a vítima sendo agredida dentro de um carro e gritando por socorro. Outras pessoas também viram as agressões e juntos forçaram o suspeito a parar o carro no canteiro da pista. O homem tentou fugir, mas foi detido por populares.

Ainda na madrugada de domingo (31), uma mulher de 32 anos foi surpreendida pelo ex -companheiro dentro de casa, em Água Boa, a 436 km de Cuiabá. O suspeito, de 40 anos, viu uma mensagem do ex-marido da vítima no celular e a agrediu com socos. O suspeito fugiu.

Também no domingo (31), uma mulher de 25 anos solicitou medida protetiva contra um suspeito, de 23 anos, depois que ele a agrediu em um hotel em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá. O suspeito se entregou à polícia e disse às equipes que ele e a vítima estavam em uma festa e que após uma discussão, começou agredi-la com socos, empurrões e xingamentos.

Canais de atendimento

As denúncias de violência à mulher podem ser feitas pelo telefone 180, que é a Central de Atendimento à Mulher. O serviço funciona 24 horas por dia, inclusive aos finais de semana e feriados. A Polícia Militar pode ser contatada pelo 190, quando o crime estiver acontecendo.

Além disso, as denúncias também podem ser registradas presencialmente nas delegacias de Mato Grosso ou em qualquer delegacia do município em que a vítima reside.

Em Cuiabá, é possível fazer a denúncia pelo Plantão de Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica e Sexual, localizado na Av. Dante Martins de Oliveira, s/n, Bairro Planalto, anexo ao prédio da 2ª Delegacia da Capital.

Ainda na capital, a DEDM (Delegacia Especializada de Defesa da Mulher), funciona na Rua Joaquim Murtinho, nº 789, Centro-Sul.

Já em Várzea Grande, a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso funciona na Rua Almirante Barroso, 298, Centro Sul, próximo ao Terminal André Maggi.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Apostas online só poderão ser pagas por PIX, transferência ou débito

Regulamentação do Ministério da Fazenda publicada nesta quinta-feira (18),...
Feito com muito 💜 por go7.com.br