sábado, 18 maio 2024
- Publicidade -
Dengue
27.1 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Mato Grosso já foi cenário de três chacinas que chocaram a população este ano

Conteúdo/ODOC – Três chacinas registradas neste ano em Mato Grosso causaram comoção social e revolta da população, levando as autoridades policiais a darem resposta rápida aos crimes cometidos. Um dos casos mais recentes aconteceu em Sorriso (400 km de Cuiabá).

Entre a noite de 24 de novembro e a madrugada de 25 de novembro, Cleci Calvi Cardoso, de 46 anos, Miliane, 19, Manuela, 13 e Melissa, 10, foram brutalmente assassinadas por Gilberto Rodrigues dos Anjos, de 32 anos, que trabalha numa obra ao lado da casa das vítimas.

O assassino foi preso no mesmo dia que os corpos foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros no dia 27 de novembro. O marido e pai das vítimas estranhou a falta de contato com a família e acionou a polícia. Caminhoneiro, ele estava no Paraná quando o crime aconteceu.

Três vítimas, Gilberto matou com golpes de faca e as estuprou. Apenas a menor que ele não violentou e a matou asfixiada. O criminoso está preso na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá.

Em Campo Novo do Parecis (397 km da capital), quatro trabalhadores foram assassinados e outros três foram vítimas de tentativa de homicídio no dia 15 de novembro em um alojamento. Seis homens invadiram o depósito.

Foram assassinados: Daniel Budoia, 31, Rafael Santos Lessa, 31, João Paulo Campos Serra, 33 e Franklyn Eduardo Albuquerque Oliveira, 21.

Um dos sobreviventes disse que os criminosos encapuzados exigiram transferências bancárias enquanto torturavam as vítimas. Os bandidos também roubaram carro de um dos mortos. Cinco dos sete bandidos já foram presos e resta prender mais um.

Outro caso que chocou e causou indignação popular foi a chacina ocorrida na terça-feira de carnaval, no dia 21 de fevereiro, em Sinop (500 km de Cuiabá). Neste dia, Edgar Ricardo de Oliveira, de 30 anos, e Ezequias Souza Ribeiro, 27, mataram sete pessoas, entre elas uma menina de 12 anos, após perderem em um jogo de sinuca com aposta em dinheiro em um bar, em Sinop.

Revoltados com as chacotas por terem perdido a partida, os dois foram a uma caminhonete S10 estacionada na frente do bar e voltaram armados com uma pistola e uma espingarda calibre 12. Eles entram no bar e atiram contra pessoas.

Foram mortos seis homens e uma adolescente. As imagens de uma câmera de segurança mostraram que um dos assassinos manda que todos se aproximem da parede, enquanto outro desce da caminhonete com a espingarda. Na sequência eles começam a atiraram a esmo contra várias pessoas.

Depois que todas as vítimas já estavam caídas, o suspeito com a espingarda, foge fumando cigarro. O comparsa foge junto. A menina de 12 anos foi morta com um tiro nas costas enquanto corria para se afastar do bar.

A chacina foi motivada por cerca de R$ 4 mil do jogo de sinuca, momentos antes, no estabelecimento. Após matarem as pessoas, os atiradores pegaram uma quantia em dinheiro na mesa de sinuca e na bolsa de uma das vítimas e fugiram.

Um dos bandidos, Ezequias, foi morto em confronto com a PM, que fez uma grande operação policial para capturar os criminosos. Já Edgar, resolveu acionar seus advogados e se entregar e está preso.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

5 benefícios do chá de canela para a saúde

A canela, um ingrediente presente na culinária há séculos,...

Jogos hoje (18/05/24) ao vivo de futebol: onde assistir e horário

Confira onde assistir ao vivo aos jogos de futebol...

Em vídeo, cantor Zezé Di Camargo enaltece segurança e policiais de MT

Em vídeo, o cantor Zezé Di Camargo prestou breve...
Feito com muito 💜 por go7.com.br