sexta-feira, 14 junho 2024
- Publicidade -
35.3 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Jornalista é preso em Tangará da Serra

 
 

O jornalista Lucas Ferraz foi preso na noite desta quarta-feira (21), em Tangará da Serra. Ele é investigado por espancar a esposa Katrine Gomes, 20, durante uma confraternização na cidade.

O mandado de prisão foi cumprido nesta quarta pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Ferraz foi detido e irá prestar depoimento ao delegado titular da Delegacia da Mulher (DEDM) do município, Gustavo Espindola de Souza.

O caso aconteceu no último final de semana em Tangará da Serra durante a festa de fim de ano da TV Vale. Segundo a polícia, eles tiveram uma briga que teria sido causada por uma crise de ciúmes do jornalista, que acabou agredindo a jovem com socos. Lucas foi demitido da emissora após o caso ganhou grande repercurssão na imprensa.

Áudio mostra a esposa do jornalista, desesperada e chorando em conversas com outras pessoas logo após a suposta agressão sofrida da qual o companheiro é o principal suspeito.

A denúncia da agressão veio à tona após a mulher procurar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com hematomas provenientes das agressões.

Versões contraditórias
Durante entrevista ao programa Cadeia Neles, da TV Vila Real (Canal 10.1) nesta terça-feira (20), Katrine apresentou uma versão diferente da narração inicial e negou ter sido agredida pelo marido. A estudante de Direito disse que tem crises de ansiedade, crise de pânico, faz acompanhamento psicológico e psiquiátrico há 6 anos.

Ela também alegou ter tido uma crise de pânico e começou a socar a parede, que segundo ela, geraram os ferimentos. “Entrei no quarto, fiquei de joelho e comecei a bater a cabeça na cama”.

No entanto, o Laudo do Instituto Médico Legal (IML) concluiu que as lesões causadas no rosto da esposa de Lucas Ferraz são fruto de prováveis agressões físicas causadas por outra pessoa.

‘Manipulada’
A mãe da estudante que mora em Palmas (TO), Maria dos Milagres, de 41 anos, afirmou que a jovem não tem transtornos psicológicos e não faz uso de medicamento psiquiátrico. Segundo ela, a filha está sendo manipulada para “defender a cara” de Lucas.

Em entrevista ao programa Tangará 40º, da TV Cidade Verde de Tangará da Serra, Maria disse que o apresentador impede Katrine de fazer contato com os familiares e pediu ajuda para levar a filha de volta para Palmas.

“Minha filha nunca se mutilou, nunca surtou, aliás não toma nem remédio controlado. Aquilo tudo é uma farsa para defender a cara do Lucas. Aquele vídeo que ele postou nada é verdadeiro, ela está sendo forçada. Minha filha não tem a voz daquele jeito, parece que ela está sob efeito de remédio ou droga. Não tenho condições de buscar ela”, disse.

 

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Dengue e chikungunya já mataram 22 pessoas em 5 meses no Estado

O vírus, transmitido pela picada do Aedes, tem quatro...

Risco de acidente em rodovias federais sob gestão pública é maior

Em 2023, o risco de acidentes em rodovias federais...

2° Marcha para Jesus em Barra do Bugres

A cidade de Barra do Bugres se prepara para mais uma...
Feito com muito 💜 por go7.com.br