segunda-feira, 24 junho 2024
- Publicidade -
22 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Homem mata três pessoas, é preso e confessa outros três assassinatos

 

 

Um homem de 34 anos, que não teve a identidade divulgada, foi preso, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), suspeito de matar três vizinhos. Ao ser detido, ainda teria confessado outras três mortes pelas quais também seria o responsável.

De acordo com o registro da Polícia Militar, a equipe foi acionada para realizar o isolamento e preservação de local com morte, no Residencial Parque Universitário, por volta das 18h25 dessa sexta-feira (30). Quando os militares chegaram ao local, encontraram duas das vítimas, Eduardo Sousa Mendes e Marcelo Henrique da Silva Cardoso, dentro de uma quitinete e a outra, Márcia Henrique de Azevedo, de 53 anos, quase em frente ao imóvel.

Por volta da 0h15, deste sábado (1º), a PM recebeu uma denúncia de que o autor das mortes seria um dos moradores do conjunto de quitinetes e o homem moraria em frente ao imóvel das vítimas.

Com o nome do suspeito em mãos, os policiais checaram o sistema e encontraram um mandado de prisão contra o homem, mas não foi detalhado o crime indicado pela ordem judicial.

Quando os militares retornaram à quitinete, encontraram o rapaz. Ao ser abordado, ele teria confessado ser o autor da morte dos vizinhos. O homem relatou que chegou do trabalho e teria discutido com uma das vítimas.

Então, teria ido em casa e buscado um revólver calibre 38. Depois, teria ido até a residência onde teria matado um dos rapazes primeiro, depois o outro, que estava no banheiro e a mulher. Essa última vítima, segundo o suspeito, teria tentado ir para cima dele.

Depois do crime, o rapaz disse ter ido para casa, tomado banho, lavado as roupas e sapato utilizados no crime. O revólver, conforme a PM, foi encontrado de uma bota.

Outras mortes

Ao ser detido, tanto pelo triplo homicídio quanto pelo mandado de prisão que estava em aberto, o homem teria confessado outras três mortes. Uma delas, de seu tio, ocorreu em 2012.

Em 2019, o suspeito teria matado a companheira e jogado o corpo em um rio, no Paraná. Já o outro homicídio teria acontecido em março deste ano, no bairro Jardim Paineiras, também em Rondonópolis e a vítima foi identificada como Rafael da Silva Santos.

 

O suspeito foi encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Civil (PJC) do município.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Veículo adulterado e com registro de furto é recuperado pela PM em Arenápolis 

A Polícia Militar recuperou um veículo nesta ultima sexta-feira,...

Jogos hoje (23/06/24) ao vivo de futebol: onde assistir e horário

Confira onde assistir ao vivo aos jogos de futebol...
Feito com muito 💜 por go7.com.br