sexta-feira, 14 junho 2024
- Publicidade -
35.3 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Homem de 72 anos é preso 23 anos após matar rapaz em festa religiosa

 
 
 

Um homem foragido da Justiça de Mato Grosso por um homicídio ocorrido há 23 anos, na cidade de Santa Terezinha, no nordeste do Estado, foi preso nesta quinta-feira (01) em Goiás. O mandado foi cumprido em uma ação conjunta da Polícia Civil de Mato Grosso e Polícia Militar do Estado goiano.

Compartilhamento de informações com o Núcleo de Inteligência da Regional da Polícia Civil em Confresa e Agência Local de Inteligência de São Miguel do Araguaia e apoio da unidade Giro foi possível localizar o foragido de 72 anos.

Com informações sobre o paradeiro do foragido, a Polícia Civil fez contato com a PM de Goiás, que prendeu o procurado em Goiânia. Ele foi encaminhado a uma delegacia da capital goiana e ficará à disposição do Poder Judiciário.

O cumprimento do mandado de prisão faz parte da Operação Amon, nome de origem grega, que quer dizer oculto ou escondido.

O crime
Conforme o processo penal, no dia 07 de setembro de 1999, o autor do crime desferiu 5 tiros a queima roupa contra Francisco das Chagas Souza Dias, que tinha 28 anos na época dos fatos. O crime ocorreu na comunidade Lago Grande, no município de Santa Terezinha.

A vítima estava na cidade para visitar sua mãe e no final de 07 de setembro, a família decidiu ir a uma festa da igreja que era realizada na comunidade. Ao fazer a manobra para estacionar seu veículo, Francisco foi abordado pelo condenado, que alegou que a vítima estava fazendo manobra perigosa e colocando em risco a vida das pessoas. Sem que Francisco pudesse esboçar qualquer afirmação, o autor do crime disse que na condição de “autoridade” daquele local tomaria as chaves do veículo de Francisco e prendê-lo.

 

A vítima obedeceu as ordens, retirou as chaves da ignição para entregá-las, contudo, o criminoso sacou o revólver que portava e desferiu os 5 tiros contra o rapaz. A investigação apurou que não houve divergência anterior entre os envolvidos e a vítima foi morta simplesmente pelo fato de que estava em velocidade considerada excessiva pelo denunciado.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Pista Segura: Sinfra-MT acelera obras de contenção no paredão da Serra de Deciolândia

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT)...

Polícia Civil prende acusado de abusar de criança de 6 anos em Tangará

A Polícia Judiciária Civil, através da Delegacia Regional de...

NOVA OLÍMPIA: CARNÊS DO IPTU 2024 ESTÃO SENDO PREPARADOS PARA SEREM ENTREGUES

 A prefeitura de Municipal de Nova Olímpia, através do...

5 dicas sobre o que fazer caso sofra o ataque de um cão feroz

Nos últimos anos, houve um aumento significativo no número...
Feito com muito 💜 por go7.com.br