segunda-feira, 17 junho 2024
- Publicidade -
Dengue
30.4 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Guerra entre facções teria aumentado taxa de homicídios em cidade de MT em 61%

 

A guerra entre facções criminosas na região norte do Estado teria elevado o número de homicídios em 61% entre janeiro e julho de 2022. O apontamento foi feito pelas polícias Federal e Judiciária Civil, durante a operação Dissidência.

O delegado federal Antônio Flávio Rocha Freire detalhou que houve uma dissidência de parte dos integrantes de uma facção criminosa muito atuante em Mato Grosso.

Esses membros estariam insatisfeitos com as ordens vindas dos líderes, alguns dos quais estão presos. Essas lideranças estariam, inclusive, decretando a morte de rivais de outros grupos criminosos e também de próprios integrantes Comando Vermelho, dentro e fora do sistema prisional.

Uma mulher de 30 anos, cuja identidade não foi divulgada, foi presa em Macaé (RJ), na manhã desta quinta-feira (18), e seria a principal responsável por muitas das ordens que resultaram nessas saídas dos integrantes.

Um dos outros líderes seria Rudney Rodrigues da Silva, o Pinguim, preso em junho deste ano, na rodovia MT-251, que liga Chapada dos Guimarães (67 km de Cuiabá) a Capital.

Onda de homicídios

Após essa saída, iniciaram as ações de um grupo contra o outro. Nesse contexto, destaca o delegado da PJC Gustavo Godoy Alevado, um dos supervisores da força-tarefa em Mato Grosso, a taxa de homicídios teve o aumento acima de 60%, entre janeiro e julho deste ano, com relação a 2021.

Essas ocorrências chamaram a atenção da polícia, que reforçou as investigações na região. No mês de julho, frisa Alevado, foi percebido um novo aumento, de 2 homicídios no ano passado para 11 mortes em 2022.

“As investigações vão continuar pela força-tarefa para que possamos chegar em outros envolvidos”, afirma Alevedo, delegado da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br