quarta-feira, 17 abril 2024
- Publicidade -
23.2 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Golpista é preso e tem R$ 700 mil bloqueados acusado de estelionato contra fazendeiros

  

A Polícia Civil de Mato Grosso prendeu nesta quinta-feira (15), em Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte), um estelionatário investigado por aplicar diversos golpes na aquisição de gado, veículos e propriedade rural. A Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes representou ainda pela busca e apreensão, cumpridas na residência e empresa do criminoso.

A Justiça determinou ainda o sequestro e indisponibilidade de bens, no valor de R$ 697 mil, das contas do suspeito e também de sua empresa, e um veículo avaliado em mais de R$ 100 mil foi apreendido.

O cumprimento dos mandados contou com apoio da Delegacia de Lucas do Rio Verde.

Conforme a investigação da unidade especializada, uma vítima relatou que, em abril deste ano, foi procurada por um corretor de vendas interessado em vender um lote de gado, com 229 cabeças, no valor de R$ 805 mil, que seriam, supostamente, do golpista preso. Ficou combinado que a vítima iria até a fazenda para escolher o gado e, após o pagamento da entrada, os animais seriam entregues.

Foi acordado que a vítima daria uma entrada de R$ 126.500,00 para o corretor e mais R$ 273 mil ao susposto dono do gado. Acertados os valores, a vítima fez as transferências via Pix na conta do corretor e outras duas contas de uma empresa em nome do golpista preso.

Contudo, a vítima não recebeu o gado negociado e o falso dono dos animais sempre arrumava uma desculpa e prorrogava a data de entrega. A vítima, então, procurou o corretor de vendas exigindo uma solução. Apesar das tentativas em receber os animais adquiridos ou o estorno dos valores pagos, a vítima acabou arcando com um prejuízo de mais de R$ 376 mil. A vítima relatou à Delegacia de Estelionatos que procurou mais informações sobre o homem que se apresentou como dono do gado e descobriu que ele responde a mais de 10 processos em todo o estado por associação criminosa e apropriação indébita.

Golpes com gado e propriedades

Já o corretor de vendas, em depoimento ao delegado Pablo Carneiro, declarou que foi procurado pelo suspeito para comprar uma camionete que o corretor estava vendendo e negociou 35 cabeças de gado pelo veículo. A negociação envolveu ainda um lote de terra no distrito de Santiago do Norte, em Paranatinga, que pertencia ao corretor.

O golpista ainda mostrou fotos do gado e de uma fazenda dizendo que seriam dele. O corretor combinou de entregar a camionete negociada e foi até a fazenda mencionada para ver o gado, onde foram recebidos por uma pessoa que se passou como gerente da propriedade, e depois escolheu 55 cabeças no negócio.

O golpista ligou para o corretor no final de março deste ano e disse que já queria acertar o negício da camionete e insistiu que queria fazer o contrato de transferência. O corretor então liberou a camionete e logo em seguida, o golpista a trasferiu para o nome de sua empresa. Sem receber o gado negociado, depois de descobrir que tudo não passava de um golpe, o corretor amargou um prejuízo de R$ 201 mil, contabilizando a camionete, o lote e mais R$ 31 mil em dinheiro que repassou ao criminoso.

O verdadeiro proprietário da fazenda, localizada em Chapada dos Guimarães, e que o golpista dizia ser sua, foi ouvido na Delegacia de Estelionatos e declarou que foi procurado pelo suspeito em março deste ano, com a proposta para compra de gado. O golpista alegava que ia comprar à vista e dizia ainda que tinha costume em negociar com fazendas de Alta Floresta e Lucas do Rio Verde, e forneceu dados de sua empresa para redigir os contratos.

O dono da fazenda disse ainda que além da compra do gado, o suspeito demonstrou interesse em adquirir também a propriedade e negociaram a fazenda no valor de R$ 16,5 milhões e em R$ 1,5 milhão o gado, talizando R$ 18 milhões. Depois de fechar o negócio, a vítima recebeu do golpista dois cheques, levados por um ‘motorista’, um no valor de R$ 12 milões e outro de R$ 1,5 milhão, que estavam em nome de um susposto sócio do suspeito.

O golpista disse ainda que o restante do valor do negócio seria passado na semana seguinte, já no mês de maio. Logo depois, a vítima recebeu uma ligação da propriedade informando que tinha um caminhão no local para buscar o gado, contudo, ele não permitiu a retirada porque não havia a Guia de Transporte Animal e também porque aguardava a compensação dos cheques.

Agência informada era da cidade de Governador Valadares (MG) e o proprietário da conta seria de Lucas do Rio Verde, contudo o cheque nem passava pela máquina registradora do banco, porque era um documento falsificado. A vítima afirmou que teve um prejuízo de R$ 120 mil da elaboração do contrato da propriedade e do gado, além de adquirir uma outra área, com a promessa de venda da fazenda.

Outros boletins

Durante a investigação, a Delegacia de Estelionatos constatou o registro de diversos boletins de ocorrência contra o mesmo suspeito, entre os anos de 2016 e 2021, relatando diversos golpes na compra e venda de propriedades, posto de combustível, gado bovino e veículos.

“O criminoso se ‘especializou em estelionato’. Além de ser altamente persuasivo, convincente e talentoso para a prática de todas as formas de golpes, fazendo várias vítimas, e causando inúmeros prejuízos, por diversas vezes ele se valeu de sua empresa para a consecução dos delitos perpetrados. E esses golpes rendem uma quantia considerável de dinheiro ao criminoso e transtornos incalculáveis para suas vítimas, sejam eles financeiro ou emocional”, pontuou o delegado Pablo Carneiro.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

O Impacto da Patrulha Maria da Penha na Segurança das Mulheres em Nova Olímpia

Na tarde da última terça-feira dia (16), a secretária...

Quase 4 bilhões de pessoas correm risco de infecção pelo Aedes

Quase quatro bilhões de pessoas em todo o mundo...

MT reduz em 49% desmatamento de floresta nativa em 2023 em relação a 2022

Mato Grosso reduziu em 49% o desmatamento de floresta...
Feito com muito 💜 por go7.com.br