quinta-feira, 13 junho 2024
- Publicidade -
Dengue
19.5 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Gestante mata a tiros pai e irmão de mulher que se envolveu com seu marido

 

Uma mulher de 26 anos, que está gestante, matou dois homens nesse sábado (22), a tiros, e a motivação, segundo uma testemunha, foi ciúmes do marido.

O crime ocorreu por volta de 13h50, na zona rural de Terra Nova do Norte (665 km de Cuiabá), na Comunidade Sede Velha, localizada a aproximadamente 20 quilômetros do centro da cidade.

A Polícia Militar foi acionada logo após o crime. Uma das vítimas, um homem de 37 anos, havia sido levada para o Hospital Municipal da cidade com sinais vitais e, por isso, os policiais foram até a unidade médica.

Quando chegaram, no entanto, a vítima não havia resistido aos ferimentos. O homem havia sido atingido por três tiros, um no peito e dois no abdômen.

Os policiais, então, foram até o local do crime e encontraram a segunda vítima, um homem de 67 anos, caída no chão e sem vida.

A Polícia Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram acionadas e constataram que o idoso havia sofrido dois tiros no peito.

Questionadas, as testemunhas relataram que quem havia atirado nas vítimas era uma mulher de 26 anos, que está gestante, e que o crime havia acontecido por ciúmes, pois uma das testemunhas, de 33 anos, que é filha da vítima de 67 anos e irmã da vítima de 37 anos, havia se relacionado com o marido da suspeita, quando os dois estavam separados.

Nesse sábado, então, a suspeita e a mãe, de 52 anos, foram até a casa das vítimas com uma camionete S10 branca à procura da mulher que havia se envolvido com o marido da suspeita.

Alterada, a acusada começou uma discussão com a família da mulher. Logo, o marido da suspeita chegou, acompanhado do pai dela, em uma camionete Triton branca, tentando fazer com que a gestante fosse embora.

Porém, ela foi até a camionete do marido, pegou uma pistola calibre 380 e atirou contra o irmão da mulher que ela havia ido procurar.

Para tentar salvar o filho, o pai da primeira vítima foi em direção à suspeita, que também atirou contra ele. Após os disparos, o marido da acusada conseguiu tirar a arma da mão dela.

Em sequência, segundo as testemunhas, a gestante e a mãe agrediram a mulher que elas haviam ido procurar com puxões de cabelo e o pai da gestante teria desferido “pranchadas” com um facão na nádega da mulher.

Após as agressões, os suspeitos fugiram na camionete S10. Já o marido da gestante, junto com a mulher que ele já se envolveu, socorreu o ex-cunhado e o levou ao Hospital Municipal. Após deixar a vítima na unidade médica, ele fugiu.

Os policiais foram até a propriedade rural dos acusados, mas nenhum deles foi localizado. O caso foi registrado como homicídio doloso e lesão corporal.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Feito com muito 💜 por go7.com.br